O que fazer se a criança vomita o medicamento?

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Muitos pais passam por essa situação em algum momento determinado: administramos um medicamento à criança, seja antibiótico, antipirético ou antiinflamatório e, segundos depois, a criança o vomita tudo. 

É então quando nos assaltam as dúvidas: será que a medicação fez algum efeito? Tenho que repetir a dose? E se me passo com a medicação? Após viver várias situações desse tipo eu procurei o pediatra dos meus filhos e esta é a solução que me deu. 

O que devemos fazer se a criança vomita o remédio

o-que-fazer-se-a-criança-vomita-medicamento A 

Os pediatras são regidos por pautas do tempo para reagir quando a criança vomita a medicação. Funciona dessa maneira:

- Se a criança vomita imediatamente o remédio ou tenha passado menos de 15 minutos da administração do remédio: devemos dar a dose inteira novamente. 

- Se tiver passado entre 15 e 30 minutos: podemos repetir, mas neste caso somente a metade da dose. 

- Se tiver passado entre 30 e 60 minutos: não devemos repetir a dose, mas sim adiantar a próxima administração do remédio e dar à criança entre 4 e 6 horas depois, se era de 8 horas, ou se a medicação é a cada 24 horas adiantá-la 12 horas. 

- Se tiver passado mais de uma hora: considera-se que o medicamento tenha sido digerido e assimilado pelo organismo, portanto não teria que repetir.

Dicas para evitar que a criança vomite o medicamento 

Existem crianças que só em provar o medicamento elas vomitam, já para outras o sabor é tão desagradável que, ainda que tentem aguentar acabam jogando tudo para fora. Existem alguns truques que podem evitar, de alguma forma, que isso ocorra: 

- Podemos dar-lhe o remédio antes a comida.

- Acompanhá-lo com um suco fresco ou refresco que lhe seja agradável de sabor, mas não devemos misturá-lo com grandes quantidades de líquido. 

- Também podemos misturá-lo em alimentos como o iogurte, mingau ou inclusive numa papinha de frutas. 

- Se a gente for administrar a medicação com uma seringa pequena é recomendável colocá-la na lateral da boca, assim não lhe entrará diretamente na garganta e evitaremos a ânsia de vômito. 

- Alguns remédios se apresentam na versão supositório, uma vantagem para crianças que vomitam medicações com facilidade. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com