Lábio leporino e/ou Fenda palatina

O lábio leporino e a fenda palatina podem desenvolver-se separadamente ou ao mesmo tempo

Vilma Medina

Vilma Medina

De todos os defeitos congênitos, o lábio leporino (aberto, partido) e/ou fenda palatina é um dos mais comuns. Atualmente são anomalias que afetam um em cada 700 nascimentos, e são mais comuns entre os asiáticos e determinados grupos de índios americanos. O lábio leporino ocorre com menos frequência entre os afro-americanos.

Quanto à frequência dessas anomalias, alguns estudos demonstram que 25% dos bebês sofrem de fenda palatina, 25% de lábio leporino, e 50% de ambos. Tanto o lábio leporino como fenda palatina, podem desenvolver-se separadamente ou ao mesmo tempo. Essas anomalias se apresentam como um defeito congênito das estruturas que formam a boca. Ocorre quando o bebê, ao nascer, apresenta uma fenda ou separação no lábio e/ou no palato, devido que os dois lados superiores não cresceram como deveriam.

Lábio Leporino em bebês e crianças

Trata-se de uma divisão no lábio superior, entre a boca e o nariz, que ocorre porque as duas partes do rosto do bebê não se uniram adequadamente durante a gestação. Os tipos de lábio leporino variam desde uma pequena fenda no lábio superior à total separação nos dois lados do lábio, atingindo até o nariz. O grau do lábio leporino pode variar enormemente, desde leve (encaixe do lábio), até severo (grande abertura desde o lábio até o nariz). Essa anomalia recebe nomes diferentes segundo sua localização. Uma fenda num lado do lábio, que NÃO se estende até o nariz, denomina-se unilateral incompleta. Uma fenda em um lado do lábio que se estende até o nariz, denomina-se unilateral completa. Uma fenda que compromete ambos os lados do lábio e que se estende e compromete ambos os lados do lábio e que se estende e compromete o nariz, denomina-se bilateral completa.

Fenda palatina em bebês e crianças

Ela ocorre quando o palato (o céu da boca) não se fecha completamente. Assim como o lábio leporino, apresenta graus bem variados de intensidade, que vão de uma pequena abertura no chamado palato mole à quase separação completa do céu da boca.

Quando esse defeito congênito se apresenta com uma fenda ou abertura só no palato superior, denomina-se fenda palatina. Nesse caso, o palato não se fecha completamente, mas deixa uma abertura que se estende até a cavidade nasal. A fenda pode afetar qualquer lado do palato. Pode estender-se desde a parte anterior da boca (palado duro) até a garganta (palato mole). A fenda palatina não é tão perceptível como o lábio leporino porque está dentro da boca. Em muitos casos, outros membros da família podem ter tido também a fenda palatina ao nascer. 

Por que ocorre o Lábio Leporino ou Fenda Palatina

A medicina não encontrou uma causa exata que explique o porque desses defeitos nos bebês. Alguns estudos chegaram a demonstrar que esse defeito se dá sobretudo em famílias com um histórico dessa anormalidade em um pai, em outra criança ou num parente próximo. Mas também ficou demonstrado que pode ocorrer em famílias sem os antecedentes já mencionados. Se pais que não nasceram com uma fenda, tiverem um bebê com essa anomalia, as probabilidades de que tenham outro bebê igual, oscilam entre 2 e 8 por cento. Se um dos pais tem uma fenda, mas nenhum dos seus filhos têm essa anomalia, as probabilidades de ter um bebê com esse defeito são de 4 a 6 por cento. Se um dos pais e um filho apresentam uma fenda, as probabilidades de que outro filho nasça com essa anomalia são ainda maiores. Recomenda-se, nesses casos, consultar um especialista em genética.

Também acreditam que alguns fatores ambientais, como remédiox, drogas, produtos químicos, fungos, inclusive deficiências de vitaminas (como o ácido fólico), que reagem com certos gens específicos e acabam interferindo no processo normal do fechamento do palato e no desenvolvimento do lábio.

A boca do feto se forma durante os primeiros três meses da gestação. Durante esse tempo, as partes do palato superior e o lábio superior normalmente se unem Quando essa junção não ocorre, o bebê terá um lábio leporino e/ou fenda palatina. Uma criança pode ter lábio leporino, fenda palatina, ou ambos. O lábio leporino e a fenda palatina juntos são mais comuns em meninos que em meninas.

É importante saber que a maioria dos bebês que nascem com essa fenda, são sadios e não tem nenhuma outra anomalia congênita.

Os resultados estéticos da cirurgia de correção da fenda labiopalatina estão cada vez melhores. Caso a fenda ainda fique muito marcada, há a possibilidade de fazer novas operações, ainda durante a infância, para melhorar o aspecto estético.

O ideal é que seu filho seja acompanhado também por ortodontistas, principalmente no caso de fenda palatina, para monitorar o crescimento do maxilar e dos dentes e o funcionamento da boca em geral. Em algumas crianças, a voz pode ficar anasalada, por isso pode ser aconselhável consultar um fonoaudiólogo.

No caso da fissura palatina, o bebê pode sofrer de otites (infecções no ouvido) com mais frequência, por causa da entrada de líquido no canal do ouvido.

Lábio leporino e/ou Fenda palatina

Lábio leporino e/ou Fenda palatina

O lábio leporino e a fenda palatina podem desenvolver-se separadamente ou ao mesmo tempo. De todos os defeitos congênitos, o lábio leporino (aberto, partido) e/ou fenda palatina é um dos mais comuns. Atualmente são anomalias que afetam um em cada 700 nascimentos, e são mais comuns entre os asiáticos e determinados grupos de índios americanos. O lábio leporino ocorre com menos frequência entre os afro-americanos.

Tratamento do Lábio leporino e/ou Fenda palatina

Tratamento do Lábio leporino e/ou Fenda palatina

Mesmo que o tratamento do Lábio leporino demore alguns anos, vale a pena esperar. O lábio leporino e a fenda palatina, não afetam somente a parte estética da carinha do bebê, como também pode apresentar outras complicações associadas à alimentação, à linguagem, à dentição, inclusive pode afetar a audição. Conheça algumas delas:

Centrinho USP: Hospital de referência internacional em lábio leporino e fenda palatina

Centrinho USP: Hospital de referência internacional em lábio leporino e fenda palatina

O Brasil tem a sorte de contar com um dos melhores centros do mundo para tratar as deformações provocadas por lábio leporino e fenda palatina.  Você pode não acreditar mas é público e gratuito.  Chama-se Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo - HRAC/USP - Centrinho, de Bauru.

88 comentarios

  • tatiane

    2013-05-08 23:37:01

    Sou Silvana, nasci com a fenda palatina aberta, fiz a cirurgia ainda pequenina, mas não cheguei a fazer à plástica. Hoje, adulta, falo com a voz anasalada, as pessoas perguntam-me, se sou de outro país e às vezes ainda sofro preconceito. Tive acompanhamento quando criança de uma Fonodióloga. Fiz natação, porém o que quero saber é o seguinte: Posso Concorrer a uma VAGA de CONCURSOS PÚBLICOS para DEFICIENTE FÍSICO ? Mas qual é a LEI que nos protege para que nós possamos concorrer? Eu precisaria de uma documentação, especificando? ! Obrigada pela atenção, tatiane MG.

  • catarina

    2013-04-27 04:47:33

    ola eu tnho 20 anos e falo pelo pelo nariz mas nao tenho o labio laporino só que o meu ceu da boca ê normal a unica diferença é que tenho uma frisora que faz o as sair palavrax pelo nariz . Gostaria que me explicassem alguma coisa. Obrigada

  • barbara raquel moreira ferreira

    2013-04-06 19:21:02

    ola eu sou a raquel tenho 20 anos e vou ser mama de um menino Angelo Matias...estou gravida de 6meses e decobri que o meu menino vai nascer com labio leporino e fenda platina..confeço que fiquei assustada. vou começar a ser seguida no hospital de sao joão no porto.estou com um bocado de medo embora ja me dissem que a medicina esta muito avançada e depois da operaçao meu menino fica bom e a notar pouco a cicatriz..meu maior medo é como se alimenta um bebé com esse problema sou jovem e tenho medo de nao conseguir ter paciencia...pedi sempre a deus para ele vir perfeito mas nao aconteceu agora torno a pedir a deus e a voces maes que me ajudem a conseguir ter paciencia e força para ajudar o meu filho...contactem me se me quiserem ajudar para o mail:[email protected] conto com a vossa ajuda beijinhos obrigado

  • antonia

    2013-01-30 12:11:42

    meu filho nasceu com fenda palatina deste os oito dias de nascido ele faz tratamento hoje com 5anos fez a cirungia hoje ta com trenze dias i ficou perfeita.

  • Maria Silvana

    2013-01-03 13:40:34

    Sou Silvana, nasci com a fenda palatina aberta, fiz a cirurgia ainda pequenina, mas não cheguei a fazer à plástica. Hoje, adulta, falo com a voz anasalada, as pessoas perguntam-me, se sou de outro país e às vezes ainda sofro preconceito. Tive acompanhamento quando criança de uma Fonodióloga. Fiz natação, porém o que quero saber é o seguinte: Posso Concorrer a uma VAGA de CONCURSOS PÚBLICOS para DEFICIENTE FÍSICO ? Mas qual é a LEI que nos protege para que nós possamos concorrer? Eu precisaria de uma documentação, especificando? ! Obrigada pela atenção, Maria Silvana – Maceió – AL.

  • victoria

    2012-11-10 19:15:02

    dia 16 08 2012 nasceu minha 5 filha ela tem fenda palatina e fissura no labio descobri com 2 meses de gravides com a eco morfologica nao me asustei pois tenho ma familia meu ermao de 30 anos sbre a mamadeira ela mama nais especiais so tenho a diser que a amo demais ela e uma bençao de deus

  • debora helena

    2012-10-04 07:55:04

    por favor gostaria de entrar em contato com a ANA ALMEIDA, meu filho irá para Bauru no dia 19/11, onde poderá fazer a cirurgia do palato mole aos 6 meses, caso os exames principalmente os de audiometria deram tudo bem. Por favor ANA ALMEIDA, preciso muito saber como foi a cirurgia do seu bebê, o pós operatório TUDOO, me ajuda beijos Débora mamãe do Luis MIguel

  • Fabio Cesar

    2012-09-26 13:18:14

    Dou graças a DEUS por voces existirem,tenho uma filha de 4 anos e ela e uma princesa que DEUS me deu,e com a ajuda e competencia de todos voces ai do Centrinho a nossa alegria de viver e ainda maior.Voces me receberam ai a 4 anos atras quando minha filhinha tinha apenas 11 dias de vida,e dai em diante nossa vida que ja era abençoada tornou-se ainda mais feliz.Ela ja passou por duas cirurgias e eu so tenho visto melhoras e uma criança cada vez mais feliz .Mando um agradecimento especial para o dr Sergio que fez a sua primeira cirurgia,e tambem ao dr Carlos Eduardo que a operou em julho deste ano.Um grande beijo a todos voces.O nome da minha princesa e REBECA SCHNEIDER.Deus abençoe voces.

  • suellen cintia alves

    2012-09-03 14:38:40

    olá.....bem meu filho se chama MARIO LUCIANO ALVES SOBRINHO,ele nasceu com labio leporino unilateral e fenda palatina total,hj ele tem 7meses,sua primeira cirurgia foi no dia 29 de julho de 2012,um sucesso moramos em goiania e fazemos o tratamento em sp bauru,la no centrinho um lugar abençoado por deus,os profissionais sao exelentes.a cirurgia do meu filho esta perfeita nem aparece a cicatriz direito ele ta lindo.voltaremos em bauru no mês de outubro para fazer o palato.bjussss

  • Ana Almeida

    2012-08-25 20:19:04

    Meu bebê fez a cirurgia de fissura no palato mole com 6 meses de idade, e Graças a Deus ocorreu tudo bem. Hj ele está com 1 ano e 1 mês...um gato....Só estou percebendo que um dentinho está nascendo fora do lugar. O levarei esta semana para o retorno pós cirurgia e então tirarei todas as minhas dúvidas. Coloquem tudo nas mãos de Deus!!!

  • Shirley Hilaria Araujo

    2012-08-15 13:49:54

    Eu faso tratamento em SP no centrinho estou gravida de 4 meses é uma menina ela vai nacer com fenda palatina.

  • Sandra Regina sp

    2012-07-13 13:09:40

    Boa tarde a todos,no dia 25/05/12 tive meu presente de Deus Alessandra ,ela nasceu com uma fenda no palato mole na hora que a fono nos falou entramos em pânico eu e meu marido ,quebrei ate meu resguarde,ela não conseguia mamar e ficou com a glicerina baixa ,ate que conseguiram uma mamadeira,Medela 150ml ela é muito cara custa 200,00$ fiquei assustada mas comprei e ela se adaptou muito bem,No dia 10/07/12 tive a primeira consulta da Alessandra no Centrinho de Bauru fiquem impressionada com atendimento com o carinho de todos coisa de outro mundo nao da nem para acreditar que é do Sus,Quando ela completar um ano vai operar,mas tenho muitas duvidas ,se deixa cicatriz se leva muitos pontos se é só por dentro ou se é só interno se a recuperação é muito difícil ,se alguém já fez esta cirurgia compartilhe comigo por favor queDeus abençoe todos vcs obrigada desde de já!!!!!

  • Deyse

    2012-06-22 00:07:39

    Olá me chamo Deyse e tenho 25 anos, mnha filha nasceu com fenda palatina a dela é fininha mais vai do palato duro ao palato mole ela não tem o sininho da garganta ela está com 11 meses e vai fazer a cirurgia daqui a duas semanas estou muito ansiosa e com medo tbm..

  • silvia domingas de oliveira

    2012-04-20 17:14:53

    oláaaaa,eu tenho um filho de 7anos com estado normal chama vitor gabriel,em 2010 tive uma menina chama se sarah gabriele ela nasceu com fenda palatina e eu queria entender mais sobre isso,ao receber alta o medico disse marcar consulta para avaliação para a cirurgia com 16meses de idade,...Hoje com 16meses vou marcar sua consulta,mas estou em duvida alguem se souber me envia um email sobre a palatina:Sarah tem só a fenda palatina,ela tem os dentes normaisssss,e só fico em duvida que a campainhaa dela só é divida e ñ sai os sons perfeitos como pa..pa dizer papai entendem:Email:[email protected] *meu nome é silvia

  • Eliane Aparecida

    2012-04-16 16:09:29

    Gostaria de saber se o aluno que tem fenda palatina, ele é aluno da sala de Recursos AEE?

Ad