Como lavar a roupa do bebê

Conselhos para lavar a roupinha dos bebês

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples, mas, no entanto, requer certos cuidados. A pele do bebê é muito mais sensível e delicada do que a dos adultos, por isso a roupa deve permanecer suave após cada lavada. O uso inadequado de saponáceos fortes com aditivos, por exemplo, poderia ser prejudicial para os bebês, uma vez que sempre levam à boca tudo o que os rodeia.

Cuidar da roupa do bebê

como-lavar-a-roupa-do-bebê A

Uma das principais dúvidas em relação à roupa dos bebês e sua lavagem é se é necessário lavar as roupas antes do seu primeiro uso. A resposta é sim. Por um lado porque muitos fabricantes acrescentam substâncias às roupas para realçar determinados aspectos da sua aparência, e por outro lado, porque durante o processo de fabricação, transporte e venda, a roupa pode ter sido contaminada com micróbios que devemos eliminar antes de vestir o nosso bebê.

Durante os primeiros meses de vida do nosso bebê é recomendável lavar a sua roupa e a roupa de cama separadamente, sem misturá-las com as roupas do restante da família. Do mesmo modo, os saponáceos que devem ser utilizados devem ser específicos para bebês ou para roupas delicadas, testados dermatologicamente. Não devemos usar alvejantes, amaciantes ou outros aditivos. 

Podemos optar tanto pela lavadora como pela opção de lavagem à mão para limpar a roupa do bebê, mas devemos levar em conta que a água deve ser morna e não quente, e se optarmos em lavar à mão deveremos prestar atenção especial para limpar corretamente a roupa da criança. No caso da lavadora, optaremos por um programa para roupa delicada ou lã. Neste caso, podemos proteger ainda mais a roupa se a introduzirmos em uma rede especial ou uma capa de travesseiro antes de colocá-la na lavadora. 

A preocupação fundamental é que a roupa não cause danos ao bebê, além da limpeza adequada às peças de roupa do pequeno. A roupa pode ser manchada frequentemente com fezes, urina, vômitos ou comida. Manchas difíceis de tirar que nem sempre são eliminadas completamente com um sabão suave ou neutro. Diante dessa situação, a melhor solução é deixar de molho e dar uma lavada previamente. Não caia na tentação de usar produtos anti-manchas específicos, já que contêm aditivos muito fortes para a pele do bebê. 

Uma vez que o bebê cumpra os seis meses poderemos ir misturando pouco a pouco a sua roupa com a do restante da família, permanecendo atentos para que a pele do bebê não sofra nenhum tipo de irritação ou coceira. Inicialmente manteremos o uso de sabões neutros para toda a família, mas poderemos elevar a temperatura da água na lavagem, exceto aquelas roupas com tecidos de lã ou seda que não toleram a água quente. A mesma coisa acontece com a roupa dos adultos. É muito importante revisar a etiqueta de cada roupa antes da sua lavagem para evitar desgostos. 

Uma vez superada esta fase poderemos ir introduzindo outros saponáceos até encontrar o que seja perfeito para toda a família. Evitaremos o uso de alvejantes e removedores de manchas na roupa do bebê. 

Enara Rey

Redatora de GuiaInfantil