Festa Junina. Por que se celebra a festa de São João

A história e a tradição da festa de São João para as crianças

Muitas crianças estarão se perguntando de onde provem e desde quando celebramos as festas juninas, uma das festas mais animadas do ano. As crianças gostam de saber o por que de muitas coisas. Elas são as que mais curtem, não só porque podem se vestir de caipira (com remendos e chapéu de palha), como também porque a festa de São João traz doces e bolos maravilhosos, milho verde, amendoim cozido e um montão de comida deliciosa.

A origem da festa de São João

Festa junina com as crianças

Além das deliciosas propostas que as crianças podem curtir nas festas juninas, elas podem dançar a quadrilha, soltar fogos de artifícios e se esquentar ao redor de uma grande fogueira. O que mais se pode pedir?

Existem algumas versões que justificam a festa junina. A primeira vem do próprio mês. Se fala de uma festa que existe em função do mês de junho. Outra versão diz que esta festa tem origem em países católicos da Europa, como homenagem a São João. No Brasil, a festa de São João é celebrada desde 1583. Esta tradição foi introduzida no nosso país pelos portugueses e espanhóis, como uma forma de agradecer aos santos do mês, São João (dia 24), Santo Antonio (dia 13), e São Pedro (dia 29), pela colheita do meio do ano e que, por isso, a maioria dos quitutes é feita de milho, por exemplo.

Joanina era o nome inicial da festa, segundo historiadores dos países europeus católicos do século IV. Quando veio para o Brasil, o nome foi mudado para junina. A influência indígena e negra na festa junina, por exemplo, pode ser percebida na alimentação, com o aipim (mandioca), milho, jenipapo, leite de coco, como também na música com o forró, a quadrilha, o boi-bumbá, etc. A quadrilha, por exemplo, é uma dança que provem da França, com passos inspirados nos bailes da nobreza européia. Os fogos de artifício foram trazidos dos chineses, enquanto a dança de fitas, que é bastante usada em algumas regiões do país, foi herdada de Portugal.

E a fogueira, de onde vem? A fogueira é o maior símbolo das festas juninas. A história conta que as suas raízes são católicas. Se deriva de um trato feito entre as primas Isabel e Maria. Isabel acendeu uma fogueira sobre o monte para avisar a Maria do nascimento de São João Batista e assim pedir a sua ajuda.

As festas juninas são uma boa oportunidade para que as crianças celebrem o final do curso escolar, juntando os amigos e as famílias para brincarem ao redor da fogueira, comendo verdadeiros manjares.

Feliz São João! 

  • Quebra-pote. Brincadeiras populares para crianças no Brasil
    Quebra-pote. Brincadeiras populares para crianças no Brasil

    A brincadeira de ‘Quebra-pote’ é muito usada nas festas de São João, mas ela pode ser utilizada para entreter crianças em um aniversário, numa festinha da escola visando uma maior socialização.

    • Festa de São João. História e origem
      Festa de São João. História e origem

      O fogo é o grande protagonista da Noite de São João, e tem duas simbologias: purificar os pecados das pessoas e render culto ao sol. Em muitos países do mundo se festeja esse dia acendendo fogueiras na praia.

    • Quindim. Receitas Juninas
      Quindim. Receitas Juninas

      O que não pode faltar são os doces e salgados típicos dessa época do ano. Um dos doces mais gostosos é o Quindim, fácil e rápido de se preparar. Aproveite a nossa receita. A criançada vai adorar.

0 comentários