Educar a criança com valores. A Honestidade

Como despertar uma conduta honesta nas crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O que honestidade? Como podemos ensinar nossas crianças a serem honestas? A honestidade é um dos valores mais importantes na formação da personalidade e do caráter das crianças. É a base das suas relações com os demais. Uma pessoa honesta atrai a confiança e o respeito dos demais. O que podemos fazer para conseguir que nossos filhos sejam honestos com nós mesmos, com nossos familiares e amigos? 

10 conselhos para educar a honestidade nas crianças

educar-a-criança-com-valores-honestidade A

Para oferecer uma educação em honestidade para a criança, tanto os pais como os educadores têm em mãos uma grande missão. Seguem alguns conselhos para que o despertar da honestidade nas crianças seja uma realidade:

1 – A honestidade atrai honestidade. Assim, a primeira coisa que os pais e educadores devem fazer é ensinar esse valor com o exemplo. É fazer o que se pode e não o que não se pode. É fazer o que se diz e não dizer e prometer algo que não poderá cumprir.

2 – Para desenvolver a honestidade numa criança é necessário formar noções, conhecimentos, habilidades, sentimentos e emoções, vivências e experiências que levem a criança a ser honesta. 

3 – Primeiramente, para ensinar as crianças a serem honestas consigo mesmas, é importante levá-las a conhecer suas limitações, suas virtudes e defeitos, e sua conduta. 

4 – É importante deixar claro para as crianças que um comportamento honesto gera bons amigos e um reconhecimento moral positivo nos demais. 

5 – Ser honesto é se esforçar para fazer algo útil em benefício dos demais, sem esperar nada em troca. 

6 – Ser honesto é respeitar aos demais, é não se apropriar do alheio, é ser sincero na relação com o outro, é não mentir e sempre dizer a verdade por mais difícil que seja. 

7 – Na escola, os professores podem convidar as crianças a fazer desenhos, ou a pintá-los e colori-los em que se destaque a ajuda a outras pessoas.

8 – As crianças podem interiorizar exemplos de honestidade através da conversa, observação e das brincadeiras com seus pais, irmãos e educadores.

9 – A cada conduta honesta que as crianças desenvolverem, elas deveriam ser premiadas no seu tempo. O prêmio pode reforçar essa conduta nas crianças.

10 – Falar às crianças sobre as consequências da desonestidade. Uma pessoa desonesta pode sofrer de solidão, de ansiedade, de ser tachada de mentirosa, de não ter amigos nem a confiança dos outros.