Como explicar o que é o Alzheimer para as crianças

Como explicar para a criança que o avô tem Alzheimer

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A doença de Alzheimer continua sendo muito difícil de entender para os adultos mais chegados ao doente, assim que para as crianças pode implicar num duro golpe. Não é fácil entender por que agora o avô deve ser cuidado, quando sempre tenha sido ele que se ocupava de tudo. Não é fácil para uma criança entender porque o seu avô, que antes o adorava, agora nem sequer lembra o seu nome. E não é fácil explicar à criança o que é o Alzheimer, mas existe uma maneira de fazê-lo. 

Explicar o Alzheimer às crianças

como-explicar-o-que-é-Alzheimer-crianças A

Quando a criança começa a ser consciente das mudanças que acontecem com o avô, do seu comportamento estranho, da sua perda das faculdades, da sua progressiva deterioração, é necessário explicar-lhe o que é o que acontece com o seu avô. O avô tem Alzheimer, uma doença que faz com que o seu cérebro vá se esquecendo das coisas. 

É muito importante fazer com que a criança veja que o seu avô não está louco, ainda que esteja se comportando de uma forma estranha, que é necessário cuidar muito dele porque não se lembra onde vive e se esquece dos recados. Pode ser que até mesmo se esqueça de como deve se vestir. A criança deve estar consciente que chegou o momento do avô ser cuidado depois de uma vida toda em que ele cuidou de toda a família.

Que o avô tenha Alzheimer não significa que a criança já não possa passar tempo com ela. As coisas mudaram, mas continua sendo o seu avô e a criança pode compartilhar com ele tarefas simples e que não implique em responsabilidades, como regar as plantas, ou caminhar de mãos dadas para um passeio. Também convém reforçar para a criança que o avô não deixou de amá-la, e que agora está doente e precisa da sua presença mais do que nunca.

O importante é que a criança continue considerando ao seu avô como uma figura fundamental na família. Deve-se levar em conta que a criança imita o comportamento dos adultos. Se a criança vê que os adultos continuam dando-lhe muito carinho ao avô, a criança também o fará. Unindo forças de toda a família fará com que essa doença seja mais leve para enfrentá-la. Se os adultos tentarem levar a situação com naturalidade isso também passará para segurança para a criança.

Laura Vélez

Redatora de Guiainfantil.com