Gravidez no Natal. Conselhos para curtir as festas

As celebrações natalinas são compatíveis com a gravidez

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

As festas de final de ano podem alterar a vida cotidiana da mulher grávida. As grandes refeições, as jornadas de compras, os jantares e festas noturnas, as festas e deslocamentos para ver a família podem afetar a sua saúde. Por esse motivo, é conveniente tomar uma série de medidas de prevenção para que as festas natalinas e as celebrações familiares sejam compatíveis com a gravidez.

Curtir as festas na gravidez

Curtir a gravidez durante o Natal

O ritmo cotidiano da vida muda no Natal também para as futuras mamães que esperam ansiosamente seu bebê. Começando pela compras esgotantes até as reuniões familiares e sociais, que às vezes se complicam com deslocamentos a outros lugares para encontrar entes queridos, o ritmo pode ser muito frenético para a mulher grávida.

1. Seja o centro das atenções. Aproveite os encontros com familiares e amigos para iluminar sua gravidez. Sentir-se amada e como centro das atenções te agradará muito.

2. Pense no seu bebê. Adaptar seu estilo às necessidades da gravidez, te fará descansar mais e levar as coisas de maneira mais relaxada. Pense que nas próximas festas você terá seu bebê nos seus braços.

3. Compre roupa de festa. Aproveite o Natal para comprar roupas pré-mamãe bonitas e elegantes, para exibir sua gravidez. Você se sentirá bonita e especial. Pense, sobretudo, na comodidade e ressalte o “look” de grávida com complementos de festa.

4. Faça um mimo a você mesma. Uma massagem, uma sessão num Spa, uma aula de yoga ou pilates podem ajudá-la a conciliar essa atitude de bem-estar, serenidade e alegria, que tanto favorece o espírito durante as festas de Natal.

Previna-se na gravidez contra excessos do Natal

1. Fumaça do cigarro. Evite os ambientes carregados de fumaça. Se você estiver grávida, evita mais do que nunca ser uma fumadora passiva, pois a fumaça pode ser nociva também para o seu bebê.

2. Álcool. Escolha água ao invés de vinho para refeições e jantares. Se tiver que brindar com a família no Natal e no Ano Novo, somente molhe os lábios. Qualquer quantidade de álcool que ingerir, por mínima que seja, pode atravessar a barreira placentária e chegar ao seu bebê.

3. Comidas. Se estiver sadia, poderá comer de tudo o que quiser, de forma equilibrada. Moderação na quantidade de comida que ingerir deve ser seu principal foco durante as festas. Pode provar de tudo, mas em pequenas quantidades ou rações. Assim, sua digestão será mais leve e pequena, e assim evitará sofrer de indigestão ou empanzinamento.

4. Doces. Tem um alto valor calórico e abusar dos doces natalinos pode te fazer engordar mais que o necessário. Se for diabética ou for diagnosticada na gravidez, deve seguir estritamente as indicações do seu médico sobre o consumo de açúcar.

5. Reuniões sociais. Estar presente nas festas e reuniões familiares ou de amigos é um presente para a mulher grávida no Natal. Desfrute da música, mas evite baladas muito movimentadas. Não fique tempo demais em pé, fale e converse com os demais, sentada, para não se cansar muito nas festas.

6. Sono. Procure ir logo para a sua casa para respeitar suas horas de sono. O descanso noturno é muito importante durante a gravidez para recuperar forças e energia.

7. Compras. Organize sua lista de compras para evitar fazê-las todas de uma vez. Antecipe suas compras para ir às lojas em dias e horários que tenham menos aglomeração de pessoas. Evite chegar ao esgotamento. Quando se sentir cansada, volte para casa.

8. Viagens. Durante a gravidez, dependendo do trimestre da gestação, a mulher grávida deve tomar uma série de precauções com os deslocamentos e o tipo de veículo (avião, trem, carro). Escolha sempre deslocamentos pequenos, e leve em consideração as medidas de precaução nas viagens durante a gravidez. Lembre sempre de estirar as pernas e caminhar um pouco para melhorar a circulação das pernas e a retenção de líquidos que pode se acumular nos joelhos.

9. Escute seu corpo. Diante do menor sinal de desconforto ou mal estar, retire-se e relaxe. Se estiver sofrendo de alguns incômodos próprios da gravidez, siga sempre os conselhos do seu ginecologista.