Como o diabetes gestacional afeta a gravidez

Questões importantes sobre o diabetes em gestantes

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O diabetes gestacional é um tipo de diabete que acontece durante a gravidez. Pode se desenvolver até a metade da gravidez e, em geral, desaparece depois do parto. Ela é diagnosticada quando a gestante realiza o Exame de O’Sullivan, conhecido como a curva glicêmica, que detecta o nível de glicose no sangue. Se os valores são superiores aos recomendados, a gestante deverá seguir uma dieta especial, fazer exercícios e controlar periodicamente o nível de açúcar no sangue. 

Perguntas e respostas sobre o diabetes na gravidez 

Quando se dá o diabetes gestacional? Existe um maior risco de sofrer esse tipo de diabetes se for maior de 25 anos, se existem antecedentes familiares de diabetes, caso a gestante tenha tido diabetes numa gravidez anterior, quando há sobrepeso ou a gestante tem pressão arterial alta

Por que o diabetes gestacional é produzida? A placenta produz hormônios que podem bloquear a ação da insulina, que é a substância que transporta o açúcar do sangue às células. 

Quais são os sintomas do diabetes gestacional? Se os níveis de açúcar no sangue estão muito descompensados, a gestante não notará nada, mas nos casos mais graves, pode causar mal estar, aumento da necessidade de urinar, mais apetite, sede e cansaço físico

Como saber se tenho diabetes gestacional? Entre as semanas 26 e 28 é realizado um teste de glicose para conhecer o nível de açúcar no sangue. É conhecido como Teste de O’Sullivan ou exame da curva glicêmica. 

Como pode ser controlada o diabetes na gravidez? Na maior parte dos casos basta realizar uma dieta especial que consiste em não comer açúcar, limitar o consumo de gorduras ao máximo e controlar os hidratos. O exercício físico também é importante para queimar a glicose excedente. Para as gestantes que não conseguirem controlar a diabetes dessa forma, se aplica um tratamento com insulina. 

Se a gestante já era diabética, qual o tratamento? Pode-se mudar a medicação caso as gestantes tomem agentes hipoglicemiantes orais já que são contraindicados na gravidez e será administrada a insulina. 

O diabetes desaparece após o parto? Sim. Alguns dias depois ter dado a luz, os níveis de glicose voltam ao seu estado original, exceto em casos muito raros. 

A mulher tem mais risco de sofrer de diabetes posteriormente? Sim. Em 5 ou 10 anos a mulher tem possibilidade de desenvolver diabetes, por isso é um alerta para que ela tenha hábitos de vida saudáveis. 

Se o diabetes não for bem controlada, o que pode ocorrer? De mães diabéticas não controladas, pode nascer bebês muito grandes, que podem sofrer de obesidade no futuro. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com