Doenças do outono em bebês e crianças

O início do período escolar também pode trazer doenças para as crianças

Vilma Medina

Vilma Medina

A volta à escola ou o início numa creche não apenas traz novos conhecimentos e amizades para os bebês e crianças, mas também algumas doenças para as crianças e preocupações para os pais. 

Quando inicia o período escolar para os pequenos, também disparam as doenças comuns pelos contágios por vírus ou doenças relacionadas à infância, especialmente em bebês e crianças menores de 5 anos de idade. 

Catarros e resfriados das crianças durante o outono

doenças-do-outono-em-bebês-e-crianças A 

Os pediatras asseguram que o outono é a estação do ano com maior risco de doenças infantis. A volta às aulas ou a entrada das crianças em creches ou escolas favorece o contágio de doenças infantis devido ao contato ocasional com outros pequenos e a grande quantidade de alunos concentrados em salas fechadas. Quando começa um novo curso escolar é normal que o número de pacientes aumente nas consultas médicas. 

Em geral se trata de doenças virais ou que fazem parte do desenvolvimento da criança. Catarros, resfriados e diarréias são as mais comuns nessa época do ano. Normalmente, no decorrer dessas doenças não requer um tratamento especial, mas específico e a criança se recupera em três ou quatro dias. Tudo dependerá da saúde e defesas da criança nesse momento e da idade que tenha. Quanto menor for o pequeno mais possibilidades terá em se contagiar. A partir dos 5 anos de idade as possibilidades vão diminuindo, já que a criança apresenta um sistema imunológico mais equilibrado. 

Conselhos médicos para prevenir doenças no outono

Nessa época em que as crianças estão tendo contatos diários com outras crianças, os médicos aconselham que os pais extremem a higiene para evitar que o contágio se transmita também aos que estão em casa. Existem muitos casos de contágio a pessoas idosas com gastrenterite e catarros. 

Segundo os pediatras, a melhor forma de prevenir esse tipo de doença é: 

1 – Oferecer uma alimentação equilibrada e variada à criança. 

2 – Evitar a automedicação. 

3 – Manter as crianças bem hidratadas

4 – Procurar logo ao médico quando a criança apresentar sintomas de alguma doença. 

5 – Fazer tudo o que for possível para evitar as consultas de emergência.

6 – Não se agoniar. É normal que as crianças adoeçam. Apesar de tudo, as doenças são necessárias para a formação do seu sistema imunológico.

Quando devo levar meu filho à creche?

Quando devo levar meu filho à creche?

Levar o bebê à creche? Devem considerar as seguintes situações: a família, a disponibilidade de horários, o estado da criança. Mas, em geral, recomenda-se que leve a criança à creche quando são capazes de andar, de dizer algumas palavrinhas, e quando se encontrem em condições de adaptar-se às novas situações.

Morder na creche. As mordidas dos bebês e crianças

Morder na creche. As mordidas dos bebês e crianças

Morder na creche, de vez em quando, faz parte do desenvolvimento normal da criança, mas quando o bebê ou a criança o faz de forma persistente, pode ser motivo de preocupação, tanto para os pais como para os educadores.

Tomara que o meu filho não fique doente na creche

Tomara que o meu filho não fique doente na creche

Muitas mães nos confessam que já estão cansadas, que quando levam o seu filho à escola ou creche, eles começam a ter catarros, resfriados e gripe. E acabam se contagiando com toda sorte de vírus possíveis.

Como é difícil deixar o bebê na escola ou na creche

Como é difícil deixar o bebê na escola ou na creche

Eu me lembro perfeitamente como eu me senti mal quando tive que deixar a minha filhinha na escola infantil ou creche pela primeira vez. Nestes dias, eu tenho sentido a aflição de uma colega de trabalho. Ela está passando mal com os primeiros dias do seu bebê na creche.

7 erros dos pais nos primeiros dias de escola

7 erros dos pais nos primeiros dias de escola

O primeiro dia na escola infantil ou no colégio é um momento muito importante para pais e para as crianças. Implica numa mudança enorme para os bebês ou aos pequeninos da casa que até esse momento têm estado em um meio conhecido. Da noite para o dia eles terão que enfrentar adultos desconhecidos, outras crianças, outras rotinas, outros lugares.

0 comentarios