Como explicar para uma criança que ela é hiperativa

Conselhos para falar com seu filho sobre o TDAH

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Seu filho deve saber que ele é hiperativo? Como explicar para ele que ele sofre de TDAH? Essas são perguntas comuns dos pais de filhos com esse transtorno. A resposta dos especialistas é que é muito importante que os pais falem com seu filho sobre a hiperatividade. Evitar falar do problema não ajudará e contribuirá para aumentar sua frustração e desconforto.

Os pais são uma das principais fontes de apoio e compreensão para crianças hiperativas, que enfrentam dificuldades que questionam sua autoestima. O pai e a mãe é quem melhor pode ajudá-las a enfrentar as dificuldades e motivá-las e elogiar suas conquistas.

Como falar com uma criança sobre o TDAH

Existe uma série de conselhos e assuntos simples que os pais podem colocar em prática em casa mesmo para explicar à criança o que acontece com ela:

- Confrontá-la diretamente. Não é conveniente dar voltas no assunto sem chegar ao xis da questão. Devem utilizar os termos como verdadeiramente são. Ser claro é uma boa estratégia. 

- Adaptar a linguagem à idade da criança. Deve-se utilizar um vocabulário que a criança possa compreender, porque é necessário adaptar-se ao seu nível de conhecimento. É possível explicar que a criança tem um problema, e que seu corpo não fica quieto por muito tempo ou que preste atenção para que se controle. 

- Dosar a informação. Nem sempre é necessário dar-lhe toda a informação de uma vez, já que talvez não consiga assimilá-la bem. Podem-se dosar os assuntos para ir explicando pouco a pouco o transtorno TDAH e que a criança entenda. Para que os pais expliquem com segurança sobre o assunto para a criança, é necessário que eles mesmos adquiram conhecimento necessário para isso.

- Deixar a criança falar. É importante que ela possa explicar o que lhe ocorre e que seja ela quem conte coisas como: “não consigo ficar quieto”, “eu me esqueço das coisas”... Explicar voz alta a sua própria conduta a ajudará a se conhecer melhor e enfrentar melhor os desafios e soluções desejadas.

Os especialistas dizem que é um alívio para a criança saber que tem TDAH e que compreenda o porquê do seu comportamento, porque age de uma determinada maneira e lhe ajuda a ser consciente de que pode melhorar.