O que é a Gengivoestomatite. Inflamação na boca de bebês e crianças

Quando a boca da criança ou do bebê apresenta ulceras e mau hálito

Vilma Medina

Vilma Medina

A gengivoestomatite se define como a inflamação da mucosa oral, com o aparecimento de aftas e inchaço das gengivas. Trata-se de um quadro muito incômodo que afeta, em maior ou menor medida, a maioria das crianças durante os três primeiros anos de vida.  

A gente te conta por que aparece esta inflamação da mucosa oral e qual tratamento necessário em bebês e crianças. 

Causas e sintomas da gengivoestomatite em bebês e crianças

o-que-é-a-gengivoestomatite-inflamação A 

Ainda que as causas de gengivoestomatite possam ser diferentes, a principal é a infecciosa. O vírus mais frequentemente envolvido é o Herpes simplex tipo 1 (herpesvírus humano simples – HSV 1). De fato, a primeira vez que acontece uma infecção por este vírus, pode causar esta doença. As recorrências da mesma podem causar problemas leves, que são conhecidas como herpes labial.

Do ponto de vista clínico, a gengivoestomatite apresenta febre, irritabilidade, dor ao engolir, dificuldade para se alimentar, baba e sangramento das gengivas. Nos casos mais graves ou em ambientes muito quentes, a criança pode chegar a se desidratar, sendo este fato mais preocupante e o motivo principal de internação hospitalar.

Tratamento da gengivoestomatite infantil 

Quanto ao tratamento, o principal é garantir a hidratação e nutrição da criança (dando-lhe água, sucos ou leite fresco em pequenas quantidades periódicas). A criança deve evitar os alimentos muito quentes, os cítricos e os alimentos muito salgados. Além disso, convém administrar analgésicos como o ibuprofeno, sempre orientados pelo médico. 

Em determinadas circunstâncias, pode-se administrar antivirais específicos. Os pacientes com quadros mais graves ou clinicamente desidratados poderão ser internados para receber soro intravenoso.

Iván Carabaño Aguado

Chefe do Serviço de Pediatria

Hospital Universitário Rey Juan Carlos

Hospital General de Villalba

Acidentes e quebra de dentes na infância

Acidentes e quebra de dentes na infância

Quebra de dentes na infãncia. A primeira coisa que se deve fazer é ir a um dentista. Disso dependerá o futuro dos dentes do seu filho. Os traumatismos podem ocorrer em dentes temporários ou permanentes. Uma pancada pode afrouxar, desprender, fraturar ou arrancar um dente.

Higiene e limpeza dos dentes das crianças

Higiene e limpeza dos dentes das crianças

Como limpar os dentes das crianças. Os hábitos para o cuidado da dentição, começam a desenvolver-se quando o bebê tem quatro meses, ou seja, quando está deixando o leite materno e começa a tomar algumas papinhas e outras comidas.

A que se deve o mau hálito nas crianças

A que se deve o mau hálito nas crianças

O mau hálito infantil é sempre um indicador de que algo não vai bem. Pode estar relacionado com alguma doença ou problema dental, no sistema respiratório ou no estômago. Geralmente o mau hálito se deve à falta de higiene bucal da criança, mas pode haver outros fatores.

Como evitar o mau hálito das crianças

Como evitar o mau hálito das crianças

Que uma criança tenha mau hálito pode ser algo passageiro, da mesma forma que acontece com os adultos. Isto é algo incômodo que nem quem sofre disso, nem as pessoas que a rodeiam gostam.

0 comentarios