O vício de crianças aos videogames

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Com certeza os videogames têm suas vantagens e também os seus benefícios. Mas, quando a criança não é capaz de brincar com mais nada, quando prefere ficar fechada em casa, consigo mesma ao invés de sair para brincar com os amigos, a coisa muda. Já não é um jogo, é um vício

Na realidade, eu entendo, porque no fundo é mais fácil brincar com esses jogos. Muito mais fácil e mais cômodo não ter que lidar com os problemas da vida. Porque se apesar de pequenos, eles terão problemas e conflitos que terão que aprender a resolver. Os videogames são uma porta de escape. Nenhuma discussão, nenhum amigo que se chateie. Fácil, muito fácil. 

Vantagens e desvantagens dos videogames infantis

os-vícios-de-crianças-videogames A 

Para qualquer criança, o dia a dia implica numa prova de obstáculos, e ter amigos não é tão fácil nem está isento de problemas. Esse amigo que agora não quer ser seu amigo, ou o momento que não te deixarem brincar com o que quiser ou quando você decide o que fazer e todos ficam te olhando. A amizade ensina a resolver conflitos. Ajuda a amadurecer, mas o caminho não é fácil. 

Quando uma criança se apega ao seu controle, sozinha, sem ninguém com quem discutir, então tudo se torna fácil. É uma luta interna, um esforço pessoal em melhorar o seu desempenho. Ninguém mais com quem competir. Se, além disso, acrescentarmos cores intensas, desenhos atraentes e prêmios pelas conquistas conseguidas, já terão os ingredientes perfeitos para que a criança não queira se separar jamais dos videogames. 

Os videogames, em doses pequenas, não são ruins: melhoram a capacidade dedutiva da criança, exercita os seus reflexos, é bom para que aprendam de forma mais simples a concepção espacial, a superar desafios, a decidir com rapidez... Mas, quando os videogames se transformam em uma obsessão, chegam os problemas: a criança perde o limite entre a realidade e a ficção, fica menos sociável, não realiza atividade física suficiente, ficará mais irascível e ansiosa.