As crianças têm de tudo. Isso é bom?

Vilma Medina

Vilma Medina

Acredito que muitos pais estão de acordo que não se deve dar tudo o que as crianças pedem. Mesmo assim, muitos de nós caímos no erro de ceder diante de alguns pedidos, que a princípio não achávamos oportunos, para que nosso filho não receba menos do que a criança do vizinho. As crianças devem ter de tudo? 

A pressão social, as comparações, o consumismo crescente podem condicionar nossa resposta, já que é muito difícil remar contra a corrente das tendências. Eu, assim como a maioria dos pais, posso expor milhares de exemplos sobre esse assunto. As crianças vivem se comparando às outras. O que as outras recebem de presente, muitas vezes parece ser melhor do que os seus presentes. 

O que fazer quando a criança quer tudo

as-crianças-têm-de-tudo-isso-é-bom A 

A mim me parece que poucas crianças se conformam com os pequenos detalhes. Hoje em dia elas têm ambições muito maiores, inclusive ilimitadas. Se o meu amiguinho levou para a escola no seu aniversário, eu vou querer levar uma sacola cheia de doces e um brinquedinho. Se o meu amigo convida a toda a classe, nós também deveríamos corresponder e inclusive incluir algo mais e mais caro que nos deixe “por cima”. 

Uma comemoração mais simples, ao ar livre ou naquelas em que os pais se envolvam nas suas brincadeiras, pode ser mais divertida e original para as crianças. Nem tudo se constrói à base de dinheiro! Pessoalmente, acredito que é muito saudável ter algo de austeridade e moderação nos nossos gastos, ainda que, economicamente nossa condição permita que a gente possa presentear com muito mais coisas. 

Os pais devem ter em mente quais são as prioridades, e o que realmente importa. É melhor que a gente gaste o nosso dinheiro para que o nosso filho tenha uma boa educação ou formação do que concordar com todos os seus caprichos da moda ou ceder a um redemoinho de gastos desnecessários. Geralmente são os próprios pais que geram essas necessidades supérfluas nos filhos e os tornamos em crianças caprichosas e consumistas

A austeridade e controle nos nossos gastos farão com que as crianças sejam mais moderadas, que saibam apreciar os pequenos detalhes, que valorizem o esforço e a poupança, que tenham uma maior satisfação quando obtêm algo muito desejado ou especial para elas. 

Afinal, “o mais rico não é aquele que mais tem, mas o que menos necessita”. 

Patro Gabaldón. Redatora

As histórias e lendas da Árvore de Natal

As histórias e lendas da Árvore de Natal

As árvores de Natal tem diversos tamanhos, pode ser natural, artificial, mais ou menos decoradas, mas todas as árvores são montadas com muito carinho e fantasia. É importante envolver as crianças na montagem da árvore enquanto contam a história do menino Jesus.

O valor do Natal para as crianças

O valor do Natal para as crianças

A época do Natal é uma oportunidade muito importante para os pais ensinarem seus filhos sobre os prejuízos que envolvem o consumismo exagerado. Não é uma tarefa fácil, mas quando a criança aprende a dividir e a doar ela se torna mais feliz.

Nomes para o bebê relacionados com o Natal

Nomes para o bebê relacionados com o Natal

O Natal lembra nomes como Jesus, Maria, José, Isabel... São apenas alguns dos nomes preferidos e escolhidos por pais católicos para o bebê que nasceu na época de Natal. Escolher o nome do bebê de acordo com a época em que vivem é mais fácil e prático para a família. Nomes relacionados com o Natal.

Os melhores presentes de Natal para crianças

Os melhores presentes de Natal para crianças

O mais importante ao escolher um brinquedo para uma criança, é levar em conta a etapa de desenvolvimento em que ela se encontra, já que um presente que não se adapte à idade da criança pode passar despercebido para ela e não causar fantasia e emoção desejadas.

0 comentarios