Quando o presente de Natal da criança é um animal de estimação

Cachorros, gatos... não são um brinquedo. Diga isso ao seu filho

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Se você presenteia o seu filho no Natal com um bichinho de estimação, presenteie também um livro, um manual com conselhos e instruções de como cuidar do seu animal, e lembre a ele todos os dias que o seu cachorrinho, gato, tartaruga, ou qualquer animal que seja, é um ser vivo e precisa de cuidado, de atenção e de muito carinho. 

Cachorros, gatos... não são um brinquedo

quando-o-presente-natal-é-animal-estimação A 

Se você presentear um animalzinho ao seu filho no Natal, tenha consciência absoluta dos compromissos e responsabilidades que você deverá ter com ele. Deve-se inculcar às crianças que não podemos abandonar aos amigos em circunstância nenhuma, nem, por exemplo, quando tivermos que viajar de férias e não temos com quem deixá-lo. Antes de decidir ter um bichinho de estimação e conviver com ele, deve-se ter bem claro quais são as obrigações quanto ao seu cuidado e proteção. Abandoná-los, jamais. 

Os cuidados que os animais necessitam 

Os animais de estimação necessitam de cuidados da mesma forma que qualquer criança. Os cachorros, por exemplo, devem ser levados para passear duas ou três vezes por dia, dar banho uma vez por mês, vaciná-los, levá-los ao veterinário, alimentá-los e trocar a água todos os dias, escovar a pelagem uma vez por semana, aplicar inseticidas, remédios contra parasitas a cada três ou quatro meses, etc. 

Parece um trabalho excessivo, mas levando em conta que um animal de estimação pode ser algo muito gratificante tanto para as crianças como para toda a família, faz esse trabalho valer muito à pena. 

Tenho um cachorro há 6 anos, e o que dizer do meu Lucky. Desde que o conheci, aprendi mais sobre a amizade e a fidelidade. Um cachorro é como ter um filho. Quanto mais você dá a ele, mais carinho terá de volta. Essas pequenas criaturinhas são capazes de mudar a vida de uma família. Eu não me refiro aos compromissos que temos que cumprir, e sim os valores que elas ensinam, dia após dia, ao meu esposo, a minha filha e a mim. Assim que, como “mãe” de um cachorrinho, antes de você presentear um cachorro ao seu filho, pense muito. Uma vez que tenham um cachorrinho em casa, não tem como voltar atrás. Ali estará um pequeno tesouro que vai depender de vocês para tudo, e valerá a pena cada minuto com ele. 

Vilma Medina
Diretora de GuiaInfantil.com