Dia do livro, uma viagem para as crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A celebração do Dia do Livro é um acontecimento muito especial para as crianças. Através dos livros, as crianças recebem a herança cultural, histórica, científica, literária... E, através das obras impressas as crianças podem viajar a outros mundos e lugares, transportar-se ao passado e ao futuro e viver outras vidas através dos personagens. Cultivar o amor pelos livros é o melhor presente que a gente pode dar às crianças.

A idéia de celebrar o Dia do Livro

dia-do-livro-uma-viagem-para-as-crianças A

Você sabia que a idéia de celebrar o 23 de abril como Dia do Livro é uma idéia espanhola? A idéia original dessa celebração surgiu pela primeira vez na Catalunha, pelas mãos do escritor valenciano Clavel Andrés, que propôs esta celebração à Câmara Oficial do Livro de Barcelona. 

Pouco depois, em 1930, se instaurou definitivamente com Sant Jordi (São Jorge), padroeiro da Catalunha e Aragón. Neste dia, tradicionalmente os enamorados se presenteavam uma rosa e um livro.

Mas, a data escolhida, 23 de abril, além disso, é uma data muito especial para a literatura. No dia 23 de abril de 1616 faleciam Cervantes e Shakespeare. Também no dia 23 de abril nasceram, ou morreram, outros escritores como Maurice Druon, K. Laxness, Vladimir Nabokov, Josep Pla ou Manuel Mejía Vallejo. 

Por este motivo, esta data tão simbólica para a literatura universal foi a escolhida pela Conferência Geral da UNESCO para render uma homenagem ao livro e aos seus autores, e encorajar a todos, particularmente aos mais jovens, a descobrir o prazer da leitura e respeitar a insubstituível contribuição dos criadores ao progresso social e cultural.  

Por que é importante incentivar a leitura nas crianças? 

Os livros são instrumentos para compartilhar com a família, que nos ajuda a ampliar o vocabulário e a nossa linguagem e nos permite passar bons momentos e nos entreter. Além disso, estimula a nossa imaginação, permite nos aproximar de outras culturas, permite que a gente se identifique com outras pessoas e nos permite conhecer mais sobre a nossa história.

O desejo de ler, recomendar e comentar livros, descobrir histórias ou autores que mudaram a nossa vida ou novos estilos, tendências, autores que nos abrem as portas e depois de lê-los nos sentimos melhor ou com a sensação de ter entendido ou aprendido algo novo, cresce a cada dia. Além disso, não somente com o boca a boca, mas com o fenômeno das redes sociais, que está contribuindo para a difusão de opiniões entre as pessoas.

Nas redes sociais é possível encontrar interessados em realizar atividades conjuntas e colaborações relacionadas com os livros. Participar nesta comunicação internacional pode ser interessante para introduzir as crianças no mundo dos livros, favorecendo o intercâmbio de idéias entre os leitores. 

Marisol Nuevo

Redatora de Guiainfantil.com