Pilates para recuperar a forma após o parto

Como o método Pilates pode ajudar as mulheres a recuperar a forma depois do parto

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Antes de ter meu filho eu já praticava esporte. Jogava o padel e ia regularmente à academia, inclusive durante quase toda gravidez estive praticando a natação. No entanto, depois de dar a luz eu me senti fraca, decaída e flácida. A força da gravidade havia feito estragos na minha anatomia e eu me senti condenada a carregar esses quilos a mais que não sabia como perdê-los.

Benefícios do Pilates após o parto 

Pilates para recuperar a figura depois do parto

Decidi dar-me uma trégua até passar a quarentena para começar uma dieta. No entanto, eu decidi continuar com a amamentação e meu médico me recomendou continuar me alimentando bem e começar a me movimentar. Esse foi o melhor conselho que eu recebi, já que poucos dias depois, uma amiga me presenteou um ‘cartão presente’ para participar de uma aula de Pilates

Eu já tinha ouvido falar das maravilhas do método Pilates para as costas, mas o considerava um método passivo e como tal não entendia o que poderia fazer por mim naquele momento, justamente quando acabara de dar a luz para eliminar todo aquele acúmulo de gordura e líquidos que rodeava meu esqueleto. Cheguei à aula camuflada com uma enorme camiseta que escondia minha 'forma de bola', mas que não conseguia dissimular meu tamanho, quando minha forma se refletia por todo lado, naquela sala cheia de espelhos.

Para acabar de vez com minha autoestima, minha professora era uma mulher estupenda, com um peso ideal, com a quantidade justa de músculo em cada zona do corpo, e, como era o meu primeiro dia, ela se dirigiu a mim para me explicar em que consistia o método Pilates e como deveria aprender a movimentar meu corpo para obter os resultados esperados. 

No início eu tinha muitas dúvidas. Os exercícios do Pilates não eram mágicos, mas eu não tinha nada a perder. Graças à minha perseverança e afinco, já que tenho uma constituição atlética, comecei a notar os resultados no final do primeiro mês.

Mas o que mais me chamou a atenção é que ainda que estivesse muito preocupada, no início, com o meu aspecto físico, depois valorizei muito mais o que o Pilates estava fazendo comigo em outros aspectos. Eu me dei conta que culpava meu estado de ânimo por causa dos meus ‘pneuzinhos’ e pelo aspecto apagado da minha pele quando me levantava toda manhã e via no espelho um aspecto sem energia nem vitalidade

A prática do Pilates me fez sentir maravilhosamente bem e me injetou energia quando senti que minhas forças tinhas se esgotado, ajudou-me a me concentrar para coordenar os movimentos, aumentou minha autoestima e aumentou a percepção positiva de mim mesma.

Minhas formas mudaram por completo. Tive que trabalhar para tonificar braços e pernas e reduzir o volume da barriga e cadeiras, mas recuperei a firmeza perdida. E o mais importante, ajudou-me a desfrutar minha estreia na maternidade ao superar rapidamente aquela depressão pós-parto

Marisol Nuevo. Redatora