O primeiro Natal do seu bebê

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Se durante esse ano seu bebê nasceu, com certeza que esse Natal será diferente porque seu bebê veio aumentar a família e sua vida agora tem um novo sentido, e o seu pequeno é o centro das atenções, no amor, no olhar e carinho de toda a família.

Durante essas datas tão especiais, tudo fica colorido. Luzes e presentes alegram as ruas, e a chegada de um bebê faz com que essa felicidade seja ainda mais contagiosa. 

O Natal mais especial para toda a família

O primeiro Natal do bebê da família

Já se passaram muitos anos, mas eu ainda me recordo que em casa, meus pais colocavam no Natal a imagem de um menino Jesus de tamanho natural em um bercinho de vime. 

Meu pai, na noite de Natal, pegou meu sobrinho com doçura, ou seja, o seu primeiro neto, quando ainda tinha um mês de vida, e o colocou no bercinho de palha e disse: 

"Este ano o menino Jesus veio em carne e osso à nossa casa” (meu sobrinho também se chamava Jesus). 

Foi um momento de muita comoção para todos, e ainda que meu avô já não esteja entre nós, nem o Natal é celebrado na casa paterna, nem meu sobrinho, que hoje já é um homem e não se lembra de nada, nunca poderemos esquecer, nem eu nem meus irmãos, aquela imagem maravilhosa da noite de Natal

No caso em que o seu bebê esteja pela primeira vez nos seus braços no Natal, seguramente vocês experimentarão uma sensação única, e vocês, como pais, se sentirão importantes por isso, de ter gerado uma nova vida que servirá de inspiração neste Natal para toda a família

Em todas as famílias a gente sente falta dos entes queridos que já se foram, mas receber uma nova vida no meio familiar, fará com que essa falta seja encarada com mais leveza. Muitas pessoas sentem nostalgia ou se deprimem no Natal, mas isso é praticamente impossível quando um pequeno “Jesus” vem para as nossas vidas justamente nessa época e o Natal poderá ser visto com os olhos de uma criança

Sempre que podemos criar um ambiente especial quando as crianças ou um novo bebê vem a ser incorporado nas nossas festas, a alegria com que eles atuam e desfrutam da família, da fantasia dos Reis Magos, do Papai Noel, é muito contagiosa. 

Seu pequenino ainda não poderá compartilhar suas comidas, nem dos preparativos, nem cantar canções, nem ter uma conversa amistosa, mas ainda que o seu bebê seja muito pequenininho e deva continuar com as rotinas de sono e alimentação, com certeza poderá ser envolvido pela alegria, pela música e pelo carinho de tantos rostos diferentes, ele aproveitará o colorido e as luzes do Natal, e quem sabe ele pode receber um pandeiro de brinquedo para tocar com suavidade e alegrar ainda mais o seu Natal. 

Patro Gabaldón
Redatora de GuiaInfantil.com