80% das crianças com câncer conseguem superar a doença

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Há alguns meses meu filho pequeno esteve hospitalizado devido a uma enfermidade simples. Estive com ele em um hospital infantil, onde havia crianças com doenças de todo tipo. Todos os dias eu passava pelo andar de crianças com câncer

Ali havia pequenos de todas as idades com seus pais, tentando levar força e ânimo para enfrentar a sua doença. Quando você vê casos assim, acaba deixando de olhar para o próprio umbigo e a se preocupar com coisas tão desprezíveis e se dá conta de como você é uma pessoa de sorte.

Meninos e meninas com câncer

80-por-cento-crianças-câncer-conseguem-superar-doença A 

Nem posso imaginar o que é ter uma criança com câncer. Deve ser algo duríssimo de vivenciar. No entanto, e graças aos novos avanços dos últimos 20 anos, 80% das crianças diagnosticadas conseguem superar a doença. 

Segundo um dado da Sociedade Espanhola de Hematologia e Oncologia Pediátrica (SEHOP), a sobrevivência de crianças entre 0 e 14 anos é muito mais elevada do que se consegue com os adultos. 

Existem vários fatores que têm ajudado cada vez mais crianças a se recuperarem dessa enfermidade: 

- A criação de unidades oncológicas em hospitais e centros de assistência. Isso permite uma atenção especializada para as crianças. 

- O avanço no diagnóstico do câncer através da ressonância magnética e da tomografia computadorizada. 

- Foram elaborados tratamentos-padrão através de diferentes tipos de protocolos. 

As leucemias e os tumores do sistema nervoso central, como tumores cerebrais ou gliomas, são os tipos de câncer mais frequentes na infância. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada ano se diagnosticam mais de 27.000 casos de câncer em crianças menores de 14 anos na região das Américas e se estimam umas 10.000 mortes por causa dessa doença. São estimados cerca de 9.000 casos de câncer infanto-juvenil no Brasil todos os anos. 

No entanto, é uma excelente notícia a sobrevivência nessas crianças com câncer devido aos avanços quanto aos tratamentos disponíveis. A vitória contra a doença chega a 80%. 

O diagnóstico precoce do câncer infantil é fundamental para essas crianças com câncer. Os sinais e sintomas de um câncer infantil dependem do tipo da doença e da sua localização, ainda que alguns sinais possam ser facilmente detectados: 

- Febre prolongada sem causa aparente. 

- Inflamação fora do normal. 

- Palidez, falta de energia e perda de peso. 

- Dores de cabeça prolongados sem causa aparente.

- Sangramento e hematomas que saem com facilidade.

- Aumento do tamanho da cabeça. 

- Reflexo esbranquiçado no olho. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com