Gripe Suína ou Gripe A durante a gravidez

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A gripe suína ou gripe A é uma doença contagiosa. Uma infecção respiratória viral que pode afetar as vias respiratórias e causar outros danos nas gestantes. 

Prudência é a palavra mais utilizada pelas autoridades de saúde ao se dirigir à população, especificamente às mulheres grávidas quanto ao vírus Influenza H1N1. Muitas são as dúvidas a respeito dessa gripe, por isso estar bem informado é fundamental para saber como agir. 

Vírus H1N1 ou gripe A em gestantes

gripe-suína-ou-gripe-a-durante-gravidez A 

Se você estiver grávida e tem estado exposta ao vírus da Influenza, você deve avisar logo o seu médico. O seu médico vai querer saber qual foi o seu contato com a pessoa infectada e te fará uma série de perguntas como: ‘Você tocou ou beijou alguma pessoa infectada? Quanto tempo esteve em contato com a pessoa infectada? Como a outra pessoa adoeceu? A doença da pessoa foi diagnosticada por um médico? Você fez alguns exames?’. Além disso, ele te recomendará descansar muito e beber muito líquido em grande quantidade. É importante também que você não tome nenhum remédio convencional nem natural. Somente o médico poderá prescrevê-los. 

Se você suspeitar que tenha sido infectada pelo vírus da gripe suína, o melhor é que saiba que esse vírus, como a maioria dos vírus respiratórios, quase nunca causa defeitos congênitos nem danos ao bebê. Nas gravidezes normais, o risco de defeitos de nascimentos graves é tão somente de 2 a 3%. 

Os efeitos são mais graves para a mãe, já que pode chegar a uma pneumonia e desidratação, ou a alguma complicação maior ao seu coração e pulmões. Para te proteger de todos os vírus da Influenza suína aqui a gente dá alguns conselhos: 

- Procurar imediatamente o médico quando notar algum mal estar. 

- Evitar o contato próximo com pessoas do exterior ou que apresentem alguma doença. Esqueça-se dos beijos e abraços. 

- Lavar as mãos com frequência. Lavar as mãos ajuda a te proteger dos germes. Aumente a higiene e a ventilação da casa. 

- Evitar tocar os olhos, o nariz ou a boca. Os germes podem se propagar quando uma pessoa toca algum objeto ou utensílio que tem germes e logo se toca os olhos, o nariz ou a boca. 

- Evitar os lugares fechados, públicos e com aglomerações de gente: o escritório de trabalho, as escolas, bancos, shoppings, etc. 

- Cuidar da alimentação, quanto à nutrição e a higiene. 

- Cubra a sua boca e o nariz com um lenço. Quando alguém tosse ou espirra perto de você isso fará com que você pegue o vírus de outra pessoa. Usar máscaras é ainda mais recomendável. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com