Tratamento, vacina e prevenção da Gripe H1N1 ou Influenza A

Como se pode tratar e prevenir a gripe H1N1. Tudo sobre a vacinação

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O tratamento da gripe H1N1 só deve seguir sempre a prescrição médica. Normalmente é feito com o antiviral Oseltamivir que deverá ser utilizado em até 48 horas após o início dos sintomas, sempre atentando para as possíveis interações medicamentosas, contra-indicações e efeitos colaterais. Se esse remédio for usado indiscriminadamente poderá levar a resistência aos vírus Influenza.

Nos casos mais graves ou de pessoas que façam parte de grupo de risco, o Tamiflu pode ser usado até 48 horas após os primeiros sintomas.

Medidas de prevenção da gripe H1N1

tratamento-vacina-e-prevenção-gripe-h1n1 A

A recomendação do Ministério da Saúde é para se evitar locais com aglomeração de pessoas, principalmente em ambientes fechados, pois isso reduz o risco de contrair a doença. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a principal forma de transmissão não é pelo ar, mas sim pelo contato com superfícies contaminadas. Entretanto, o Ministério de Saúde aconselha que quem está doente deve fazer uso de máscara, quando estiver em contato com outras pessoas, para não transmitir o vírus ou permanecer em casa, em descanso.

As medidas preventivas de caráter geral são:

- Abrir as janelas e deixar o ar entrar em casa, no trabalho, nos ônibus.

- Lavar frequentemente as mãos com água e sabão e ter sempre em mãos o álcool gel.

- Ao tossir, cubra o nariz e a boca com um lenço descartável (de preferência). 

- Caso apresente sintomas da gripe (acima de 38°C) e tosse (ou dor de garganta) use máscara.

- Não compartilhe copos, talheres, toalhas e objetos pessoais.

- Evite tocar os olhos, nariz ou boca sem antes lavar as mãos.

- Evite se automedicar. Só use medicamentos com prescrição médica.

- Em caso de dúvidas procure o seu médico ou uma Unidade de Saúde.

Se você estiver com gripe e apresentar dificuldade para respirar procure um serviço de saúde com urgência.

Vacina contra a H1N1

A vacina contra a influenza tipo A é feita com o vírus (H1N1) da doença inativo e fracionado. Os efeitos colaterais são insignificantes se comparados com os benefícios que pode trazer na prevenção de uma doença sujeita a complicações graves em muitos casos, até mesmo a morte. 

A vacina que será aplicada na população é a chamada trivalente que protege contra as gripes H1N1, H2N3 e B. Em hospitais e clínicas particulares já é possível encontrar a vacina. A prioridade na vacinação são gestantes, crianças de seis meses a 5 anos, idosos e portadores de doenças crônicas.

Fonte consultada:
- Ministério da Saúde do Brasil