O que devemos considerar na hora de escolher um pediatra

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Você gosta do pediatra do seu filho? Sempre tenho pensado e dito que a pediatra da minha filha é como se fosse sua segunda mãe. A gente é acompanhada por ela desde que minha filha nasceu, portanto a conhece muito bem e a gente confia plenamente no que ela nos aconselha. Acredito que saber comunicar e saber escutar são algumas das qualidades que não pode faltar em um pediatra. Como você enxerga isso? 

O melhor pediatra para as crianças

o-que-devem-considerar-na-escolha-pediatra A

É difícil dizer qual é o melhor pediatra para as crianças. Um pediatra pode ser bom para minha filha e não ser bom para outra criança. No entanto, existem alguns critérios que acredito que possam ser importantes na hora de escolher um pediatra para os nossos filhos: 

- Se você puder escolher o pediatra do seu filho é conveniente que busque sugestões e recomendações de pediatras com boas referências antes e isso pode ser através de amigos, familiares, conhecidos. 

- No caso do hospital em que nasceu o seu filho indicar o pediatra, mesmo assim, busque conhecer algo da sua experiência ou a opinião de outros pais sobre ele ou ela. 

- Na primeira consulta com o pediatra do seu filho, é importante observar como ele se porta com o seu bebê. Um bom pediatra deve ser carinhoso, amável, atento e saber escutar. 

- É recomendável que o consultório do pediatra esteja limpo e higiênico.

- A empatia é importante. Um bom pediatra não deve ter pressa. Deve saber se expressar com clareza e com uma linguagem simples e mostrar-se acessível aos pais. 

- Um bom pediatra também é o que tem a capacidade de diagnosticar doenças com precisão, que transmita confiança e segurança aos pais e que saiba identificar os sintomas do seu pequeno paciente. Também deve controlar as revisões, assim como as vacinas.

Antes de ir à primeira consulta com o pediatra com o seu bebê é conveniente conhecer seus horários de visita, se pode se comunicar com ele ou ela por telefone no caso de uma necessidade urgente, etc. Também é importante saber que se você não gostar do pediatra do seu filho, o melhor é trocá-lo rapidamente. Lembre-se que o pediatra da criança a atenderá por um longo período de tempo.  

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com