O umbigo do bebê. Cuidados e Higiene

Os cuidados com o umbigo do bebê devem ser a diário

Ao nascer, o bebê perde o único contato orgânico que tinha com sua mamãe, o cordão umbilical. Após o parto, o cordão perde sua utilidade, porque o bebê começará a se alimentar de outra maneira, através da boca, daí deve-se cortá-lo. O cordão umbilical deve ser cortado a uns quatro centímetros do abdômen do bebê, e para e para fazer isso, o ginecologista ou a enfermeira o segurará entre duas pinças hemostáticas, que estancarão a hemorragia. O pedacinho de cordão que sobra se segura com umas pinças ou clipes especiais de plástico.

Cuidados com o umbigo do bebê

como cuidar do umbigo do bebê

A partir desse momento, o umbigo do bebê sofrerá um processo de autodestruição sem infecção, que terminará com o desprendimento do resto do cordão. O cordão umbilical demora em se desprender entre oito e dez dias, e um pouco mais para os bebês nascidos de cesárea (12 a 15 dias). Uma vez desprendido, ficará uma ferida, que se curará nos dias seguintes com os devidos cuidados. A ferida que fica se cicatrizará de três a cinco dias depois da queda. Durante esse tempo, o ideal é curar o umbigo com álcool 70% e com clorexidina, que é um líquido transparente, que atua como desinfetante e evita as infecções.

Enquanto não cai, o umbigo deve estar seco, protegido e tapado, para evitar qualquer tipo de infecção, e para que caia o quanto antes. Antes se aconselhava dar banho no recém-nascido por partes, para evitar que o umbigo se molhasse, quando o cordão ainda não havia caído. Atualmente se recomenda dar banho no bebê com água e sabão e secá-lo muito bem para evitar que as bactérias se proliferem. Portanto, enquanto a ferida não estiver cicatrizada, o aconselhável não é deixar de dar banho no bebê ou fazê-lo por partes, mas sim secar bem o cordão umbilical. O mais importante é que esteja limpo e seco, daí a importância de realizar a cura do cordão diariamente, ou sempre que estiver sujo com fezes ou urina.

Material para curativo do umbigo do bebê

Cada vez que for trocar as fraldas do bebê, deverá fazer curativo do umbigo. Por esse motivo, deve ter à mão, junto com o trocador, os seguintes materiais:

1. Caixa de gazes estéreis.

2. Vendas ou faixas elásticas de malha (rede).

3. Álcool 70% ou clorexidina.

Curativo do umbigo do bebê passo a passo

1. Lave bem as mãos com água e sabão, e retire a gaze que envolve o pedaço do cordão. Se estiver grudada, não a retire. Antes, umedeça-a com um pouco de solução antisséptica para desprendê-la facilmente.

2. Molhe uma gaze estéril com antisséptico e limpe com suaves toques a ferida e a pele ao redor. Como antisséptico você pode usar álcool 70% ou clorexidina, um antisséptico transparente. Caso não tenha nenhum dos dois, você pode usar mercurocromo (vermelho) ou o iodo. O álcool ou a clorexidina, por serem transparentes, facilita a avaliação da ferida, pois se fica vermelho pode indicar infecção. É bom evitar o iodo, pois o bebê pode absorvê-lo através da pele e sofrer problemas de tireoide.

3. Seque bem a zona e comprove que está bem seca com outra gaze. A umidade excessiva e mal cuidado, podem provocar infecções e um atraso no processo de cicatrização.

4. Pegue outra gaze empapada com álcool e enrole-a ao redor do cordão. Quando colocar a fralda, segure com ela, a compressa, mas sem oprimir o abdômen. Você também pode deixar a pinça do cordão umbilical por fora da fralda para não abafar.

5. Realize este curativo de três a quatro vezes por dia, aproveitando as trocas de fralda ou sempre que se sujar, porque a ferida do cordão umbilical deve estar sempre limpa e seca.

Quando se deve levar o bebê ao pediatra por causa do cordão umbilical

- Quando ele sangrar. Os pequenos sangramentos (algumas gotinhas) são normais e aparecem quando o cordão se desprende. Quando o sangramento é abundante, pode ser devido a um traumatismo, ou má ligadura ou alterações da coagulação.

- Quando a pele do umbigo cheira mal, aparece avermelhada, a base do cordão supura ou o bebê tenha febre. Pode tratar-se de uma infecção.

- Quando o cordão não tenha caído em três semanas. O pediatra deve avaliar se se trata de uma infecção, de uma maceração por umidade ou de alguma alteração imunológica.

- Quando observar um pequeno nódulo mole no umbigo. Pode tratar-se de uma hérnia umbilical, que o pediatra deve avaliar para ver se necessita operar. Se são pequenos, podem sarar sozinhos.

- Quando vir um nódulo rosado e úmido, uma vez que o cordão já tenha se desprendido. Pode se tratar de um granuloma, e o pediatra deve prescrever tratamento mais adequado.

  • Os primeiros dias do bebê em casa
    Os primeiros dias do bebê em casa

    O primeiro dia do bebê em casa. É normal que os pais, especialmente os de primeira viagem tenham de enfrentar algumas dúvidas, medos e inquietações quanto ao cuidado do bebê e a nova realidade familiar. Isso pode acontecer nos primeiros dias do bebê em casa.

    • Como trocar a fralda do bebê passo a passo
      Como trocar a fralda do bebê passo a passo

      A troca de fraldas do bebê é uma oportunidade de compartilhar carinho, palavras doces, massagens e brincadeiras com seu bebê. Guiainfantil Brasil te oferece dicas para trocar a fralda do seu bebê de uma forma fácil e segura.

0 comentários