Por que levar as crianças ao circo

A arte circense como ferramenta pedagógica

Vilma Medina

Vilma Medina

Espetáculo, fantasia, diversão para toda a família vão unidos na hora de descrever a arte circense, mas para os pequeninos o circo pode ir mais além se convertendo em uma valiosa ferramenta psicopedagógica. 

Quando a gente leva as crianças ao circo a gente as aproxima ao mundo dos malabaristas, dos equilibristas, dos palhaços, cada um com diferentes habilidades e técnicas que trabalham conjuntamente como uma grande família para que o espetáculo possa terminar com êxito. Também lhes permite conhecer diferentes objetos como as argolas (aros), os trapézios ou as bolas entre outros e, além disso, serve para entreter toda a família. 

Vantagens que o circo aporta às crianças

por-que-levar-as-crianças-circo A 

O circo aporta uma infinidade de benefícios às crianças. Por isso, é muito recomendável levá-los desde bem pequeninos e motivá-las para que pratiquem algumas das suas atividades. Entre as vantagens de ir ao circo com os filhos encontramos essas: 

- Benefícios físicos, já que através da prática de exercícios se conhecem a si mesmos, descobrem as possibilidades do seu corpo, melhoram suas habilidades físicas e motoras favorecendo o seu equilíbrio, sua flexibilidade e sua motricidade, assim como sua musculatura. 

- Quanto às vantagens psicológicas podemos destacar o fato de que o circo lhes ensina a valorizar o trabalho em equipe e a superação de todos através do esforço. Ao mesmo tempo lhes ajuda a ganhar autonomia e a aceitar suas próprias limitações, melhorando sua autoestima e favorecendo sua concentração. 

- O circo contribui favorecendo as habilidades sociais das crianças mediante a cooperação e a comunicação, ajudando-as a se relacionar e dando-lhes sensação de ser pertencente ao grupo. 

- Além disso, permite às crianças desenvolverem sua criatividade e sua expressão corporal, melhorando sua coordenação.  

O circo como ferramenta pedagógica 

Cada vez se cobra com mais força o uso do circo como ferramenta pedagógica e têm-se proliferado as atividades focadas na prática dessa disciplina orientada aos pequeninos. Oficinas onde se ensinam jogos de equilíbrio (equilibristas), de coordenação olhos-mãos (malabaristas) ou de representação cômica (palhaços). Teatro, esporte e educação em valores vão de mãos dadas. 

Na Espanha começou a se desenvolver essa idéia nos anos 80, quando surgiram as primeiras escolas de circo social. Atualmente são muitas as escolas que incluem a arte circense como projeto nas aulas obtendo resultados muito positivos pelas numerosas vantagens que contribui para as crianças. 

No Brasil, alguns profissionais estão adaptando a arte circense nas aulas de Educação Física em algumas poucas escolas e escolas com formação de artistas circenses são comuns em grandes centros.

Cristina González Hernando

Redatora de Guiainfantil.com

Esconde-esconde. Brincadeiras para crianças

Esconde-esconde. Brincadeiras para crianças

Brincar de esconde-esconde envolve diversas crianças, sendo que uma delas, sorteada ou indicada irá procurar as demais após contar até 20 ou 30. O bom é que se pode brincar em casa em dia de chuva, na escola ou em outros lugares.

7 formas de despertar a criatividade das crianças

7 formas de despertar a criatividade das crianças

Pintar, desenhar, escrever, criar, fabricar, pensar, sonhar, brincar... São processos que despertam a criatividade das crianças e as ajudam a desenvolver sua capacidade de crescer e potencializar sua capacidade analítica e de resolver problemas.

O talento e as habilidades em bebês

O talento e as habilidades em bebês

Você acredita que uma criança já nasce com talentos? Por que existem pessoas mais predispostas do que outras à matemática, à música ou à pintura? Por que algumas pessoas, quase sem receber orientação são capazes de cantar uma melodia como se fossem profissionais ou tocar um instrumento de forma incrível? Existe uma diversidade de opiniões em torno disso.

Pintura com os dedos na infância

Pintura com os dedos na infância

Desde a mais tenra idade é possível entreter e estimular a criatividade e a coordenação das crianças com a pintura com os dedos. Em geral, dos 6 até os 24 meses, os bebês já se encontram preparados para desfrutar dessa deliciosa atividade. É importante que elas contem sempre com a orientação e vigilância dos pais ou de outra pessoa adulta.

A importância da arte para as crianças pequenas

A importância da arte para as crianças pequenas

Quando as crianças são pequenas e se interessam pela arte a gente deve deixá-los que expressem toda sua criatividade porque é muito importante para o seu desenvolvimento integral. Quando uma criança quer pintar com pincéis, com ceras, com os dedos, quando modela massinha de modelar, tudo é arte para os pequenos.

0 comentarios