5 dicas para a criança crescer com mais criatividade

Como se divertir com o seu filho e ajudar no seu desenvolvimento criativo

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Mais do que apenas ler, escrever ou calcular: ser criativo é saber representar suas ideias, criar e contar histórias, observar e interpretar, manusear e criar. Pensando nisso, preparamos 5 dicas para que você possa se divertir com seu filho ao mesmo tempo em que estimula que ele tenha um desenvolvimento mais criativo (portanto, mais saudável e feliz). Que tal começar hoje e criar, desses hábitos, rotinas divertidas?

5 dicas para o seu filho crescer com mais criatividade

5-dicas-para-a-criança-crescer-mais- criatividade A

1 – Construir (e errar) com as próprias mãos

A primeira dica não poderia ser mais simples: valorizar a experiência e o erro. Construir coisas com sucata e materiais simples (como papéis, palitos ou papelão), por exemplo, é uma atividade simples e que ainda dá liberdade às crianças. Isso fica ainda mais evidente ao construir figuras divertidas com comida (evitando sempre o desperdício), uma atividade prazerosa e que estimula todos os sentidos; ou seja, um aprendizado completo. E isso nos leva para a segunda dica.

2 – Cozinhar (e comer) juntos

Preparar o alimento é algo que, apesar de simples, envolve uma grande complexidade de atividades. Pais que compartilham o espaço da cozinha com seus filhos proporcionam que eles possam ter uma participação ativa na criação de algo que é visto como útil para todos. Em outras palavras, uma atividade divertida que ainda proporciona que a criança desenvolva sua autonomia.

3 – Ler para si e com seu filho

Pais que têm o hábito de ler na presença de seus filhos incentivam que eles venham a se tornar também amantes da leitura desde cedo. Mais do que isso, ler PARA o seu filho (principalmente antes de dormir), além de criar uma rotina saudável que melhora o sono da criança e fortalece os laços entre você e seu filho.

4 – Aproveitar as pequenas oportunidades

Chegou até aqui? Que ótimo! Aproveitamos essa quarta dica para avisar que se preocupar com um desenvolvimento saudável do seu filho não quer dizer ficar ansioso ou preocupado em ter que aproveitar todo pequeno momento para estimulá-lo. Ao invés disso, aproveite para tentar perceber o potencial escondido de todos os momentos do dia-a-dia. Que tal, da próxima vez que estiver em um engarrafamento ou em uma longa viagem de carro, propor um jogo de ‘quem consegue contar mais carros de cor azul’ ou algo assim?

5 – Não seguir dicas

Pode até parecer um pouco contraditório que justo a última dica seja exatamente não seguir nenhuma dica (mas não é). Como pai ou mãe, mais do que ninguém você deve saber que seu filho é único. Portanto, crie, recorte, exclua, cole, recombine e improvise! Ninguém sabe melhor do que você mesmo o que é o melhor para o seu filho.

Foi pensando em uma maneira de facilitar a aplicação dessas e outras dicas e para que pais possam ajudar seus filhos a alcançar todas as suas potencialidades que desenvolvemos o ‘Imagine-me’: uma maneira de estimular a criatividade com mais diversão através da criação de personagens inusitados (e, geralmente, muito divertidos!).

Quem quiser mais informações é só entrar no link: www.imagineme.com.br. E viva a educação criativa!  

Guilherme Parolin

Designer, sócio-fundador da Cusco Studio e criador do Imagine-me