O momento ideal de ter outro filho

A difícil decisão de ter outro filho. Qual é o momento ideal?

Vilma Medina

Vilma Medina

Qual é o momento ideal para ter outro filho? Chega um momento em que os pais se encontram diante da feliz escolha de ter mais um filho, e se perguntam: “Qual o momento ideal para ter outro bebê?”. Então surge outra interrogação: “Ideal para quem?”.

Geralmente a pergunta porque os pais temem que o filho não aceite outro irmãozinho ou irmãzinha, ou que a relação estreita que se tem com o primogênito se acabe e esse se sinta desprezado, ou que surjam sentimentos de rivalidade entre eles. 

A segunda gravidez

A segunda gravidez

O Doutor Brazelton, acredita que nenhum primogênito, menino ou menina, deseja a intromissão de mais alguém, por isso orienta que são os pais que devem decidir por si mesmos qual o momento de ter outro bebê. 

Para que o filho único aprenda a dividir e aceitar seu novo irmãozinho, os pais podem, segundo a idade da criança, dar tarefas prazerosas em benefício do bebê, como alimentá-lo, trazer fraldas para trocar, ajudar a carregá-lo, escolher a roupa e a vesti-lo. 

Quanto à rivalidade entre irmãos, deve-se levar em conta isso é normal e inevitável. Às vezes se diz que é na rivalidade que as crianças aprendem sobre as demais e sobre si mesmas, como se defender. 

Portanto, longe de se preocupar em proteger uma criança dos sentimentos de rivalidade, o ideal é ensiná-la a se sentir responsável pelo bem estar do irmãozinho menor e da família. Tudo isso é consequência de saber dividir com seu irmão, lembrando ao filho que uma das mais lindas maneiras de aprendizado é saber conviver bem com os outros. 

Cada filho tem uma personalidade diferente 

É preciso lembrar aos pais que é impossível tratar os filhos igualmente, já que cada criança tem uma personalidade diferente, e por isso precisa de cuidados diferentes. Portanto não deve haver sentimentos de culpa nos pais em respeito à diferença de sentimentos com os filhos, e eles tão pouco devem ter problemas com isso. 

Ainda que possa ser cansativo ter que se adequar a cada um, o importante é falar abertamente das diferenças, mas sem emitir juízos acerca delas para favorecer a situação. Isso acabará proporcionando um melhor conhecimento deles mesmos

Segundo o Doutor Brazelton, as crianças que recebem apoio dos pais, ainda que de diferentes maneiras têm melhores oportunidades de desenvolvimento. Se os pais valorizam a individualidade de cada criança e conseguem comunicar a elas as qualidades particulares de cada uma, elas se sentirão seguras e apoiadas. À medida que forem explicadas e entendidas, as crianças serão capazes de valorizar cada aprendizado

Claudia Lou Meda. Colaboradora de GuiaInfantil.com
Psicóloga Clínica. Orientadora Escolar

Frases que os pais não devem dizer aos filhos

Frases que os pais não devem dizer aos filhos

Frases negativas dos pais aos filhos. Cuidado com o que diz ao seu filho. Apresentamos as motivações negativas, ou seja, as frases que devemos descartar da nossa educação e comunicação com nossos filhos.

Educar a criança com valores. A Generosidade

Educar a criança com valores. A Generosidade

Crianças generosas. Educar as crianças que compreendam o valor da generosidade é uma tarefa dos pais e educadores. As crianças quando são pequenas tem muita dificuldade de dividir. Tudo é delas e de mais ninguém. A generosidade é um aprendizado diário.

Educar a criança com valores. A Obediência

Educar a criança com valores. A Obediência

Os valores devem ser incutidos na criança desde a mais tenra idade. Muitos valores que as crianças adquirem ou aprendem são vendo as atitudes dos pais no dia a dia, por isso a importância dos pais e professores no aprendizado.

Educar a criança com valores. A Tolerância

Educar a criança com valores. A Tolerância

Ser tolerante é aceitar e admitir a diferença ou a diversidade, é respeitar a opinião dos outros. A criança não nasce tolerante. Sua conduta natural é que tudo seja para si, e que todos estejam de acordo com ela, por isso o aprendizado deve ser o mais cedo possível.

É mais fácil educar duas ou mais crianças do que somente uma?

É mais fácil educar duas ou mais crianças do que somente uma?

Educar a dois ou mais filhos. Sempre me perguntam nas ruas como eu consigo educar várias crianças, quando a maioria das mamães, com apenas uma criança dizem que quase não dão conta. A experiência e a colaboração de todos ajuda e muito.

0 comentarios