A importância do vínculo entre primos na família

Como promover a relação entre primos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Pais, irmãos, tios, avós... Todos têm um papel dentro da família. Cada um tem um papel fundamental para construir laços familiares sólidos. Nessa lista não podemos esquecer os primos, que também ocupam um lugar muito importante na cadeia familiar. 

Ainda que os adultos da família sejam uma referência importantíssima para as crianças, não podemos menosprezar tudo o que aprendem junto aos seus primos; são seus semelhantes, espelhos em quem se mirar, por isso é muito importante que os pais consolidem e fortaleçam o vínculo entre primos. 

Por que é importante que as crianças cresçam junto aos seus primos

a-importância-do-vínculo-entre-primos A 

- Podem ser seus primeiros amigos: com eles compartilham confidências, experiências, risos e inclusive férias. 

- Aprendem valores: ainda que se vejam de forma esporádica, as crianças aprendem a perdoar, a compartilhar, a escutar, a ser bondosas. 

- Relação para toda a vida: se os pais se esforçam em criar um vínculo entre primos, eles terão uma conexão para toda a vida, da mesma forma que com os irmãos. 

- Fazem parte das lembranças: a infância é uma época que recordamos com nostalgia e aqueles que viveram com a gente deixam suas marcas em nossos corações para sempre. 

Como estimular o vínculo entre primos

- Promover os encontros: os pais devem facilitar com que os primos possam se ver habitualmente e, se possível, muito além das datas festivas e celebrações. 

- Falar sobre eles: se não for possível realizar muitos encontros, os pais podem deixar vivas na memória lembranças do primo na mente da criança, contando-lhe coisas que tenham passado, por exemplo, como ele vai à escola, se realizou alguma excursão, quando caiu o seu primeiro dente. 

- Manter o contato: incentivar que possam se falar por telefone, chat ou computador. A distância não é obstáculo para que os primos continuem em contato e tenham boas conversas. 

- Propor encontros: ir ao cinema ou ao parque, e se morem distantes, pode-se instaurar um costume familiar de se reunirem pelo menos uma vez ao ano. Pode ser um final de semana em que todos saiam da sua casa para compartilhar uma divertida aventura. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com