Quando existem mais possibilidades de engravidar

Métodos naturais para conseguir a gravidez

Ainda que hoje em dia haja uma vasta disposição de informações para saber como ficar grávida através da internet, continuam circulando alguns mitos bastante falsos e confusões a respeito de como conceber um filho, e não é na forma de fazê-lo, mas no emprego de métodos contraceptivos.

Possibilidades de engravidar con métodos naturais

Métodos naturais para ficar grávida

Existem métodos naturais com que muitas mulheres conseguem a tão sonhada gravidez, ou mesmo para evitá-la. Antes de iniciar métodos contraceptivos ou métodos pró-conceptivos, seria bom que tentassem primeiro os métodos naturais.

Os métodos naturais de controle de natalidade oferecem uma fonte importante de informação através do conhecimento do nosso próprio corpo, na observação dos sinais e sintomas que se apresentam de maneira natural durante nossos ciclos menstruais. Esse conhecimento nos ajudará tanto a engravidar como para evitar filhos. Os aspectos que devemos saber e aprender sobre nosso corpo:

- Os métodos naturais são eficazes, sobretudo na hora de buscar uma gravidez, já que se focalizam em saber quando acontece a ovulação, ou seja, o momento em que se libera o óvulo que poderá ser fecundado pelo espermatozoide do homem, e, portanto, quando é o período mais fértil da mulher.

- É preciso levar em conta que a vida média do óvulo é de 12 a 24 horas e a dos espermatozoides de uns quatro a cinco dias. Para ficar grávida não devemos ajustar demasiadamente nosso calendário, já que não temos bola de cristal para poder adivinhar.

- O dia da ovulação não é invariável. Embora ocorra no meio do ciclo, entre o 14º e o 16º, ele pode ocorrer antes ou depois do previsto devido a aspectos como o próprio estímulo sexual ou desajustes por causas psicológicas ou fisiológicas. Sendo assim, embora esteja muito difundido pensar que durante a regra não se pode engravidar, isso não é uma verdade como método contraceptivo, pois nesse período, mesmo que a probabilidade seja baixa, pode-se engravidar.

- A dificuldade desses métodos naturais se fundamenta em duas causas: uma é a correta interpretação dos sinais corporais, que requerem certa prática. O método Billings, através da observação do muco cervical, necessita de treinamento prévio para conhecer o ciclo particular de uma mulher, levando em conta as características do fluxo: elasticidade, cor, quantidade, etc. Em segundo lugar, esses métodos exigem uns períodos obrigatórios de abstinência (aqueles que são utilizados para evitar uma gravidez) e precisam da participação ativa e responsável do casal. No entanto, para quem procura engravidar, tudo é vantagem, já que são muito úteis para reconhecer quando a mulher está mais fértil e, portanto com mais facilidade para engravidar.

- O período infértil da mulher se divide antes da ovulação e após a morte do ovo não fertilizado, e isso varia de mulher para mulher, dependendo do ciclo menstrual de cada uma. O período de infertilidade da mulher acontece, com toda certeza, dois dias depois da ovulação acontecer. Nesse momento do ciclo da mulher não é possível engravidar. Os métodos contraceptivos naturais tradicionais tornaram as coisas muito mais fáceis para evitar uma gravidez.

A ignorância pode levar a uma gravidez não planejada ou a dificultar uma gravidez desejada. 

Patro Gabaldón. Redatora

  • O momento ideal de ter outro filho
    O momento ideal de ter outro filho

    Segundo filho. Nenhum primogênito, menino ou menina, deseja a intromissão de mais alguém, por isso a orientação do Dr.Brazelton é que são os pais que devem decidir por si mesmos qual o momento de ter outro bebê.

    • Se você quiser engravidar vigie suas gengivas
      Se você quiser engravidar vigie suas gengivas

      As gengivas da mulher grávida. Um estudo realizado na Austrália revela que a gengivite, uma doença periodontal que afeta as gengivas, é um fator de risco que pode diminuir as chances de concepção de uma mulher. Se você quiser engravidar, procure seu dentista e faça uma revisão do estado de saúde das suas gengivas.

0 comentários