A infertilidade e os problemas para engravidar

Fecundação in vitro. Inseminação artificial. A infertilidade do casal. O que fazer?

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A fecundidade sempre foi considerada um dom próprio da mulher; por essa razão, sempre que não se conseguia a gestação tão desejada, era a mulher a culpada da infertilidade. Hoje em dia, e com o avanço da medicina neste campo, falamos do casal como uma unidade com capacidade gestatória.

Um casal infértil é aquele que depois de dois anos de relações sexuais normais, com a finalidade de procriar, não tem descendência ou não consegue a tão sonhada gravidez.

Como ficar grávida

Infertilidade da mulher e do homem

O ginecólogo se encarrega do estudo completo dos órgãos reprodutores femininos, da regularidade dos ciclos menstruais e de outros parâmetros que dão uma idéia exata da condição da mulher para poder gestar. O urólogo procede igualmente com o homem, estudando também através de análises rotineiras sobre a composição do sêmen e o estado hormonal.

Em um casal infértil devem ser estudados tanto o homem como a mulher, e ao mesmo tempo. Existem casos em que se diagnostica infertilidade em um deles, e não se continua com o estudo do outro, o qual pode ser um erro e um falso diagnóstico. No caso de que se confirme de que são um casal infértil, existem duas possibilidades de terem filhos:

- Se estiver confirmado, faz-se o tratamento médico, quer seja pelo ginecólogo no caso da mulher, ou pelo urólogo-andrólogo, no caso de infertilidade masculina.

- Quando a causa da infertilidade necessitar outro tipo de tratamento, sugerimos a possibilidade de, se proceder, efetuar a Inseminação Artificial, Inseminação de Sêmen “Capacitado”, Fecundação In Vitro (FIV), ou Injeção Intracitoplasmática de Esperma (ICSI).

Inseminacão artificial

É a introdução de sêmen no colo do útero feminino mediante instrumentação médica, não dolorosa. Este sêmen pode ser do cônjuge, ou de um doador que tenha sido previamente congelado e mantido a -196º C.

Inseminacão com sêmen capacitado

É um processo muito útil para casos de homens com poucos espermatozóides no sêmen. Trata-se de filtrar impurezas do sêmen, isolar os espermatozóides do plasma seminal e concentrá-los por centrifugação, para logo depositá-los na cavidade uterina.

Fecundação In Vitro (F.I.V.)

É uma técnica com a qual se fecunda o óvulo da mulher em laboratório a ser fecundado com o espermatozóide; este óvulo fecundado, chamado de ovo ou zigoto, é implantado de imediato no útero da mulher para continuar a gestação. 

Injeção intracitoplasmática de esperma

Consiste em isolar um ovócito e um só espermatozóide e sob visão microscópica e um sofisticado procedimento, perfura-se o ovócito e se introduz o espermatozóide no seu interior. Fecunda-se, procede-se a transferência do embrião.

Os fatores psíquicos que podem causar infertilidade

Os fatores psíquicos e emocionais influenciam de maneira importante na capacidade de fecundação. É bem conhecido o caso de casais que , cansados de tentar gerar filhos, optam pela adoção e no final de certo tempo, conseguem ter um filho próprio, graças à tranquilidade que lhes proporciona o filho adotado.