Massagens para evitar estrias durante a gravidez

Como prevenir e tratar as estrias na gestante

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A gestante sofre uma série de alterações vasculares, hormonais e corporais importantes durante a gravidez que podem levar às estrias e às manchas na sua pele. Por isso, é muito importante que durante a gestação ela adote algumas medidas como as massagens para prevenir ou pelo menos aliviar os efeitos das estrias. 

O que são as estrias e porque aparecem

Como evitar as estrias durante a gravidez

As estrias são as marcas que ficam na superfície da pele, como consequência de lesões que são produzidas no nível das fibras de colágeno e elastina, nas camadas mais profundas da pele. Elas se caracterizam pelo aparecimento de linhas avermelhadas muito finas que, sem tratamento podem aumentar chegando a ter até um centímetro de largura. No início é possível freá-las com produtos específicos, mas uma vez que se tornam brancas, só poderão ser eliminadas com tratamentos a laser e outros. As estrias podem aparecer com mais frequência no abdômen, nos quadris e nos seios das gestantes. 

As variações bruscas no peso e no tamanho da barriga da grávida são as principais causas do aparecimento das estrias. Os tecidos se estiram rapidamente e ainda que as fibras da pele sejam muito elásticas, podem chegar a se romper dando lugar às estrias. Seu aparecimento também tem a ver com a genética, com o estado físico da mulher. As estrias também podem aparecer em consequência de algumas doenças caracterizadas pelo excesso de hormônios e de tratamentos com corticoides

Como evitar as estrias na gravidez

O que é possível para prevenir as estrias? Para evitar que elas apareçam, o melhor é que a mulher mantenha a pele o mais hidratada possível. Para isso é necessário uma alimentação sadia e equilibrada, que nutra a pele por dentro. Ao mesmo tempo também será necessária a aplicação de cremes específicos para nutrir a pele por fora. 

Dicas de massagens para evitar as estrias

As massagens podem ser aplicadas pela própria gestante, assim como pelo seu marido. Para realizá-las, primeiro terão que escolher um creme ou óleo antialérgico. O melhor é consultarem um dermatologista, com o obstetra ou farmacêutico, sobre qual o produto mais indicado. Existe uma receita muito utilizada pelas gestantes e que se consegue misturando uma colher de sopa de azeite de oliva, outra colher de óleo de gérmen de trigo e 3 gotas de óleo essencial de sândalo. Tudo é uma questão de tentar. 

A gente lhe ensina a fazer algumas massagens: 

1 – Massagem nos peitos ou nos seios: 

Com a palma da mão direita, envolver o peito direito, desde o exterior para o interior, em direção ao ombro direito. Fazer o mesmo do lado esquerdo. Repetir os movimentos umas cinco vezes pelo menos, de cada lado. 

2 – Massagem no abdômen ou barriga: 

Apoiar uma mão sobre a outra na barriga e fazer movimentos circulares com alguma pressão, para um lado e para o outro e até que a pele absorva o creme ou o óleo. 

3 – Massagem nos quadris e nas coxas: 

Fazer movimentos circulares de baixo para cima, sempre. Quando chegar aos quadris, incrementar a massagem e estendê-la até a nádega e a coxa, até que a pele absorva o produto em sua totalidade. Boa sorte!