Como identificar uma crise asmática nas crianças

Sintomas característicos de uma crise de asma nas crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A asma pode se apresentar de duas formas: De maneira episódica ou contínua durante vários dias ou semanas, sem alterar a atividade diária ou com uma mínima alteração da mesma ou em forma de uma crise, ou seja, de forma aguda, o que implica em uma duração mais curta no tempo, mas provavelmente com maior gravidade nos sintomas da asma. 

Abaixo, a gente te explica como detectar uma crise asmática no seu filho, quais são os sintomas e como reconhecer a intensidade dessa crise.

Sintomas de uma crise asmática nas crianças

como-identificar-crise-asmática-crianças A

Os sintomas típicos são a sensação de asfixia ou falta de ar, tosse seca (ou seja, sem mucosidade), ‘chiados’ ou sibilos ao respirar, opressão ou ‘peso’ no peito. Se a criança realiza algum esporte, às vezes, tem que parar o exercício antes dos companheiros ‘porque não pode mais ou sente asfixia’. Não porque esteja cansado depois do exercício. 

- Com frequência, os sintomas começam ou ficam mais graves de noite. Todos esses sintomas aparecem porque os brônquios, que são ‘tubos’ que conduz o ar desde o nariz e boca até os pulmões, durante as crises de asma se estreitam, por um duplo motivo: porque seu calibre ou diâmetro diminui por constrição do músculo bronquial (broncoespasmo) e porque a parede desse brônquio está inflamada. 

- É recomendável prestar especial atenção à tosse, que habitualmente é seca, ainda que se associe a catarros com expectoração. As crianças geralmente não sabem expectorar, ainda que, ao tossir podemos ouvir certo ruído de movimento de secreções.

- Isto não quer dizer que toda tosse seja sintoma de asma, mas se o seu filho é diagnosticado com asma e apresenta tosse, pode ser um aviso de que precisa de medicação. Se ainda ele não foi diagnosticado e não existe outra razão para explicar a tosse, deveria ser avaliado por um alergologista para descartar a possibilidade de asma. 

Tipos de crises asmáticas nas crianças 

1. Leve. Apresenta tosse seca, dificuldade respiratória leve, opressão torácica e/ou sibilos isolados relacionados com o exercício físico.

2. Moderada. Os mesmos sintomas aparecem em repouso.

3. Grave. Esses sintomas aparecem em grau máximo estando em repouso e não se toleram esforços insignificantes, como falar. Convém se fixar nos músculos do pescoço, que se contraem ao realizar as inspirações ou tomar ar. Nos casos muito graves desaparecem os sibilos.

Diante de qualquer dificuldade extrema para respirar, e sempre que notar ‘afundamento no peito’ quando respira, será melhor que procure o serviço de urgências de um hospital. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com