Seis coisas que o bebê não te deixa fazer

Vilma Medina

Vilma Medina

Com certeza que, depois de ter lido o título desta matéria, você pode estar perguntando? Somente seis coisas? Eu também perguntei a mim mesma, já que quando se tem um bebê a vida muda... E muito! O seu tempo se torna escasso, curto e fugaz e você acaba fazendo coisas que jamais teria imaginado fazer. 

Quanto mais os filhos crescem, mais tempo e atenção demandam da gente. Quando são recém-nascidos não exigem tanto, já que praticamente não fazem nada mais do que comer e dormir. No entanto, a partir dos três ou quatro meses, quando já começam a se movimentar mais, você deixará de fazer um monte de coisinhas para ficar com eles. 

As seis coisas que o bebê não te deixa fazer

seis-coisas-que-o-bebê-não-te-deixa-fazer A

Basta de mitos! Existem somente seis coisas que o bebê não te deixa fazer! Na realidade, são coisas das quais ninguém te avisa na hora que deseja ter um bebê, ou durante a gravidez ou na hora do parto. Você vai se dando conta somente no dia a dia convivendo com o seu bebê. Ser mãe tem o seu encanto e muitos compromissos. Ninguém deve se enganar. Você passa a ser a cadeira dos seus filhos, como também seu ‘cabide’, e já não terá tempo para falar com os amigos nem familiares pelo telefone, ler, descansar.

O bebê requer a mãe a todo o tempo e as seis coisas que ele não te deixa fazer são:

1. Sentar

2. Falar ao telefone

3. Ler

4. Ir ao banheiro

5. Comer

6. Dormir

Todas as suas concentrações estarão depositadas no seu bebê. Muitas vezes eu só comia o que sobrava das papinhas da minha filha porque não tinha tempo para preparar uma comida da forma correta. E o sono? Bem, bem, bem... Em nossa casa, se alguém escutava os choros da pequena e se levantava para atendê-la, esse alguém era eu, como ocorre com a maioria das mães.

No entanto, aconteça o que tiver que acontecer, você não se cansa e raras vezes se queixa. É que nem dá tempo de olhar para o relógio. Assim são as mamães, autênticas ‘Elastic girls’. Mas, no final das contas ser mãe recompensa, e muito. Ainda que não recebamos nenhum salário ou aposentadoria, a gente tem aquela pessoinha que nos tornam as mulheres mais felizes do mundo: os nossos filhos. Disso, não tenho dúvidas. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com

Como conciliar filhos e trabalho

Como conciliar filhos e trabalho

Muitos pais se sentem frustrados, com sentimento de culpa e impotentes diante da falta de tempo junto aos seus filhos. Deixar a educação nas mãos de terceiros e não poder acompanha-los em suas atividades é muito duro para muitos deles.

A maternidade: o melhor troféu para muitas mulheres

A maternidade: o melhor troféu para muitas mulheres

Como se vive a maternidade. Como mãe e mulher em plena vida laboral, posso dizer que ter tudo sob controle, tanto em casa como no trabalho, não é fácil. Os filhos, assim como o trabalho, requerem tempo, organização e dedicação.

O sono que a gente perde com a chegada do bebê

O sono que a gente perde com a chegada do bebê

Você sabe que os recém-nascidos dormem entre 16 e 20 horas? Isso pode levar você a pensar que devido a isso, os pais têm muito tempo livre para poder fazer outras coisas, e, sobretudo para dormir tranquilamente. Nada mais distante da realidade!

Os pais não têm tempo para estar com os filhos?

Os pais não têm tempo para estar com os filhos?

A infância é uma época que passa voando. Quando você se dá conta o seu filho já é um adolescente e começa a se portar de uma forma que muitas vezes te surpreende. E você se pergunta: Quem é ele ou ela? Muitos pais se sentem culpados pelo pouco tempo dedicado aos filhos.

O salário de uma mamãe que trabalha em casa

O salário de uma mamãe que trabalha em casa

Cozinhar, limpar, esfregar, passar, costurar, dar banho nas crianças, recolher a roupa, passar o aspirador, repassar os deveres com as crianças, levá-las ao parque, cuidar quando estão doentes... Quanto dinheiro você acredita que deveriam pagar a uma mãe por trabalhar em casa?

0 comentarios