Os piolhos também afetam aos bebês

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O tema dos piolhos ou lêndeas causa um grande incômodo quando a gente fala dele, tanto é assim que nossa cabeça começa a coçar como se esses diminutos bichinhos já estivessem acampados em bando pelo nosso couro cabeludo. Já é conhecido por todos os pais que nossos filhos antes ou depois terão piolhos, e que são nas escolas onde os piolhos encontram sua festa particular. 

No entanto, nos últimos tempos tem havido um aumento do número de casos de piolhos em bebês. Essas pequenas cabecinhas com seus cabelos fininhos não se livram desse asqueroso bichinho. Precisamente, esta semana, minha sobrinha de 8 meses chegou com piolhos por que tinha sido declarada uma epidemia na creche. A primeira coisa que lhe aconselharam é que ficasse em casa até que todos os piolhos e lêndeas tivessem sido eliminados.  

Como se tiram os piolhos dos bebês

os-piolhos-também-afetam-aos-bebês A 

Podem acontecer contágios de piolhos nas creches ou escolas infantis ou inclusive pelo contato com um irmão mais velho, já que podem saltar de cabeça para cabeça. Não implica num problema de saúde para o bebê, mas é um incômodo que deve ser eliminado. Como? Os especialistas que a gente consultou nos recomendam: 

1 – O principal é aprender a reconhecê-los. São bichinhos alongados de cor cinza, branco ou amarelo, ainda que se estiver cheio de sangue pode ter cor avermelhada. Podem se alojar na nuca ou atrás das orelhas. Por outro lado, as lêndeas são os ovos dos piolhos e podem estar no cabelo e muito perto do couro cabeludo.

2 – Você poderá notar que o seu bebê tem piolhos porque tenta coçar sua cabecinha, sobretudo por trás das orelhas, e também porque o bebê tem o cabelo muito fininho e são visíveis se observarmos bem. 

3 – Para começar um tratamento contra os piolhos no bebê é recomendável consultar um pediatra, já que muitos produtos não são recomendáveis para crianças tão pequenas. Não saia correndo à farmácia para comprar um xampu especial contra piolhos, já que a pele do bebê é extremamente delicada. 

4 – Para eliminá-los manualmente, compre um pente específico para lêndeas com as pontas bem juntinhas. Coloque-se numa área com boa luz e vá separando o cabelo por seções. Utilizar a liendrera para ir extraindo os piolhos ou lêndeas. É recomendável realizar essa operação durante vários dias para estar seguros de que não tenham se reproduzido. 

5 – Você terá que esterilizar e limpar o travesseiro, lençóis e berço do bebê para eliminar qualquer possível piolho que tenha caído nelas. É conveniente também lavar suas roupinhas. 

6 – Caso não consiga eliminar as lêndeas na sua casa você pode procurar um serviço especializado na eliminação de piolhos onde eles mesmos farão essa tarefa. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com