O que as crianças de 10 anos aprendem

Habilidades que adquirem as crianças com dez anos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

As crianças quando completam 10 anos, os pais nem conseguem acreditar como pôde passar tão rápido uma década desde que nasceu. Nesta primeira década de vida, os meninos e meninas têm um desenvolvimento cerebral incrível. O desenvolvimento cognitivo, emocional e social é impressionante. Sua personalidade está bem marcada e o seu caráter continua se formando. Mas, ainda resta muito trabalho no seu desenvolvimento. Isso só acaba de começar! 

É provável que você já tenha se dado conta de como o seu filho está mais envolvido na família, mas também começa a querer passar tempo com seus amigos. Nessa etapa o pensamento complexo segue avançando rapidamente, mas avança tanto a nível físico, intelectual, emocional e social.

O que a criança de 10 anos aprende

o-que-as-crianças-de-10-anos-aprendem A

Começará a ter um pensamento muito mais lógico, complexo e maduro, por isso será capaz de ver diferentes perspectivas para uma mesma situação. Ainda que tenha um pensamento mais complexo, seus pensamentos continuam se baseando em coisas reais mais do que unicamente idéias, ou seja, em coisas que possam ocorrer-lhe diretamente ou identificar com os sentidos. 

Aos dez anos as crianças estarão consolidando conceitos aprendidos previamente e são capazes de desenvolver novas habilidades num ritmo constante. Ainda que necessitem de motivação para o estudo podem conseguir ótimos resultados. 

Como a criança de 10 anos muda fisicamente

A nível físico, as crianças de 10 anos têm uma coordenação, equilíbrio e movimento muito desenvolvidos, por isso podem aprender esportes complexos e, além disso, ser bom neles. 

O futebol, o basquete ou a dança pode ser algumas atividades preferidas. 

O que as crianças de 10 anos aprendem emocionalmente 

As emoções e o aprendizado social vão de mãos dadas, por isso é necessário levar em conta ambos os aspectos. Quando estão na escola ou em atividades extraescolares estão fora da segurança da família e são eles mesmos os atores que dirigem suas cenas. Aprenderão novas habilidades necessárias para fazer amigos e controlar suas emoções. Este tipo de habilidades elas utilizarão para o resto de suas vidas. 

Nessa etapa a autoestima tem um papel crucial, além da segurança pessoal e a força interna. Começam a sentir fortemente o senso de propriedade dependendo do que acontece ao seu redor. Ainda que não esteja na pré-adolescência, já começam a se comportar como ‘pequenos adultos’ e em outras ocasiões como crianças de dois anos. Tudo dependerá do contexto e de como se sintam emocionalmente. 

Conselhos para pais com filhos de 10 anos 

Nessa idade, ainda que os pais acreditem que as crianças sejam mais independentes, eles deverão estar sempre ao seu lado. É necessário que os pequenos sintam que seus pais estarão com eles em todo o momento, que se preocupem pelo seu dia a dia e que serão seu apoio em qualquer situação. Por isso, é necessário que os pais lhes perguntem a cada dia como foi e o que aconteceu na escola, que se envolvam no seu dia a dia, que não subestimem o seu poder de tomar decisões, que respeitem seus gostos e seus interesses.  As regras e normas em casa deverão continuar firmes para poder guiar as crianças de forma coerente. 

María José Roldán

Psicopedagoga

Mestre em Educação Especial (Pedagogia Terapêutica)