Problemas de auto-estima nas crianças

Como se manifestam os problemas de auto-estima nas crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Como se manifestam os problemas de auto-estima em uma criança? Como saber se meu filho tem problemas de auto-estima? Estas são perguntas que em algum momento os pais fazem a si mesmos.

Para obter respostas, o melhor é que os pais estejam atentos para detectar comportamentos que sejam mostras de baixa auto-estima. Para isso, é preciso estar com os filhos, conversar com eles, escutá-los, se interessar pelas suas atividades, dúvidas, questionamentos, etc.

Quando a criança tem problemas de auto-estima

Baixa autoestima nas crianças

Existem alguns sinais que podem identificar quando tudo vai bem ou que algo vai mal na auto-estima de uma criança. Normalmente, durante seu desenvolvimento, as crianças podem apresentar muitas alterações de conduta. E isso é totalmente normal, já que a criança necessitará contrastar diferentes situações.

Mas existem ações que persistem e se convertem em comportamentos quase crônicos. Por exemplo:

- Quando a criança começa a evitar atividades intelectuais, esportivas ou sociais por medo do fracasso;

- Quando engana, mente, e coloca a culpa nos outros;

- Quando, por não confiar em si mesma e em sua capacidade, faz-se pequena diante dos demais,

- Quando se mostra agressiva ou violenta, e extremamente tímida;

- Quando se nega a tudo e se mostra frutrada diante de qualquer situação, ou a opinião alheia domina suas decisões.

Quando isso ocorrer, o primeiro que devem fazer os pais é aproximar-se mais do seu filho, ter consciência do problema que tem, e tentar ajudá-lo como puderem. O apoio da família é fundamental no processo de recuperação. Mas se você notar que a situação é mais séria e sentir que requer a ajuda de um especialista, não pense duas vezes antes de recorrer a este serviço. Melhor prevenir do que lamentar-se depois.

O papel da escola também é importante, já que é a que deve ter habilidade e meios para identificar o problema e ajudar a criança a dar uma saída a esses sentimentos tão distorcidos que lhes causam tantos problemas.

Criança com boa auto-estima

Em geral, uma criança com boa auto-estima pode demonstrar o desejo de tentar coisas novas, de aprender, de provar novas atividades; de ser responsável pelos seus próprios atos; de ter comportamentos sociáveis; de ter confiança em si mesma e em suas capacidades; de colaborar com os demais; de reconhecer seus erros e aprender com eles.

Nesses casos, não tem nada com que se preocupar. Seu filho estará construindo uma boa auto-estima. Mas não se esqueça de que nem ela nem ninguém são perfeitos.