A criança violenta e agressiva que briga muito

Como educar a uma criança com comportamento agressivo

Vilma Medina

Vilma Medina

Quando as brigas da criança são frequentes, o que os pais devem fazer. Os pequenos e as crianças de idade pré-escolar com frequência brigam pelos brinquedos. Algumas crianças são premiadas involuntariamente pelo seu comportamento agressivo. Por exemplo, pode ser que uma criança empurre a outra, jogando-a no chão e pegando seu brinquedo. Se a outra criança chora e se afasta, a criança agressiva se sente vitoriosa, já que conseguiu o brinquedo. É importante identificar se esse padrão está ocorrendo nas crianças agressivas.

O que se deve fazer com as crianças brigonas

Quando a criança é muito brigona

Quando as brigas são frequentes, isso pode ser um sinal de que a criança tem outros problemas. Por exemplo, pode estar triste ou alterada, ter problemas para controlar a coragem, ter sido testemunha de violência ou ter sido vítima de abuso no cuidado diurno, na escola ou em casa. As pesquisas têm demonstrado que as crianças que são físicamente agressivas em idade muito pequena, têm tendência a continuar com este comportamento quando maiores. Os estudos também demonstraram que as crianças que são expostas à violência e à agressão repetidamente através da televisão, vídeos e filmes, agem de forma mais agressiva. 

Se uma criança pequena tem problemas persistentes com a ação de brigar e de morder, ou exibe um comportamento agressivo, os pais devem buscar ajuda profissional de um psiquiatra de crianças e adolescentes ou de outro profissional da saúde mental que se especialize na avaliação e tratamento dos probelmas do comportamento das crianças pequenas.

- A intervenção precoce é muito mais efetiva. Não espere que a criança comece a mostrar comportamento mais agressivo. Intervenha logo que observar que a criança se sinta frustrada ou que esteja se alterando com facilidade.

- Quando as crianças pequenas brigam com frequência, supervisem-nas mais de perto.

- Se uma criança bate em outra criança, de imediato separe os dois. Logo trate de consolar e atender a criança que foi agredida.

- Ao bebê que começa a andar (1 a 2 anos), diga-lhe: “Não bata. Dói quando você bate”.

- À criança pequena (de 2 a 3 anos), diga-lhe: “Eu sei que você tem coragem, mas não bata”. Isso começa a ensiná-la a empatia com as outras crianças.

- Não bata na criança se ela está batendo em outras. Isso a ensinará a utilizar um comportamento agressivo.

- Os pais não devem ignorar ou menosprezar as brigas entre irmãos.

- Ensine-os que a agressão não é a forma correta para conseguir o que se quer. Por exemplo: imaginemos o caso de dois meninos, um de 6 e outro de 4 anos de idade. O maior está jogando bola até que o menor aparece para tirá-la. E ali iniciam-se as brigas e gritos. O pequeno grita e esperneia porque quer a bola. Se intervirmos, exigindo que o maior conceda a bola ao mais pequeno, estaremos reforçando de uma maneira negativa, que o pequeno sempre esperneie e grite para conseguir o que se quer.

Como deve se comportar a criança quando outras crianças a agridem

Como deve se comportar a criança quando outras crianças a agridem

Uma criança aprenderá a se comportar dependendo de como os pais ensinam desde pequenos, por isso a presença e a educação dos pais são fundamentais. A criança deve saber como reagir diante de uma agressão, e essa orientação deve vir dos pais.

Como potencializar o vínculo entre irmãos

Como potencializar o vínculo entre irmãos

A relação entre irmãos é sem dúvida muito importante para a família, já que é uma relação que durará a vida toda. Como pais, é muito importante que se potencialize o vínculo entre irmãos, mas o que você pode fazer para se assegurar que o vínculo entre irmãos seja positivo?

5 conselhos para evitar as brigas entre irmãos

5 conselhos para evitar as brigas entre irmãos

Uma das coisas que a gente aprende desde muito pequenos é que ‘ou você luta pelas coisas ou nunca conseguirá nada’. As avós resumiriam tudo isso em um refrão popular: ‘quem não chora, não mama’. Por isso, as brigas entre irmãos são algo natural.

Alunos agressivos em sala de aula. Conselhos para professores

Alunos agressivos em sala de aula. Conselhos para professores

Todos os professores já se depararam com alunos agressivos em sala de aula e o professor tem um papel fundamental e deve conhecer estratégias de como gerenciar esse conflito em sala de aula.

5 causas de brigas entre casais por causa dos filhos

5 causas de brigas entre casais por causa dos filhos

Os casais com filhos podem discutir mais do que os casais sem filhos por múltiplas razões, mas o que importa é não fazê-lo na frente das crianças por maior que seja o impulso. As crianças necessitam de uma estabilidade emocional e uma segurança no lar que as discussões jogam por terra.

91 comentarios

  • 2013-09-23 02:34:44

    ameii muito bom

  • joselia perei

    2013-05-04 13:31:51

    tennho uma filha de 6 anos e e um menino de 2, ela briga o tempo todo com ele . toma brinquedo dele os dois juntos nao da certo. eu nao sei o q fazer..pois ela e mto respondona,,e bate nos colegas da escola.. ela tem mto ciume do irmao.. eu realmente nao sei o q fazer com essa situaçao. me de uma luz pelo amor de Deus. obrigada.

  • jackeline

    2013-04-18 22:28:39

    tenho 2 filhas uma de 5 e outra de 2 e 9 meses. as duas começaram a brigar por brinquetos e por atençao.E a de 5 anos me responde muito e qdo digo nao a ela ela diz que nao sou sua mae,e que vai embora ou vc nao é minha amiga....e qdo a coloco de castigo ela chuta a porta a parede xinga.e grita e é muito chorona ;chora por qualquer motivo e nao sabe esperar.pois bem a pequena ve tudo isso e ta começando a fazer igual.........estou muito triste pois nao aguento mais essa situaçao e ainda estou gravida de 16 semanas d um menino e queria resolver esses problemas antes dele nascer.. socorrrrrrrrrrrrrrrro me ajudem.....eu perco o controle facil e nao gosto disso....

  • Silvana Oliveira

    2013-04-18 04:26:37

    Meu filho te 5 anos e meio e quando não esta de acordo com alguma coisa ele fica muito nervoso irritado e começa a se bater e se morder.Ele não agride as pessoas mas seu olhar é de muita raiva e ele faz com ele o que quer fazer com a pessoa em questão. O que devo fazer PELO AMOR DE DEUS ESTOU MUITO PREOCUPADA....

  • josy

    2013-03-25 23:01:59

    minha filha de 3 anos batia nos amigos na escolinha e era bastante desobediente. precisei mudar primeiro se quizesse mudar minha filha,parei de bater nela pois incocientemente eu estava a enssinando que a unica maneira de se resolver as coisas era batendo, comecei a brincar mais com ela, porque antes eu não brincava e ela me via só fazendo os afazeres domestico, como era a unica coisa que ela me via fazer ela queria fazer o mesmo e mexia em faca, produtos quimicos e tudo que não era recomendado para a idade dela, hoje ela só se interessa por coisa de criança e não fica mais fuçando no que não pode,coloquei alguns limites e vivo muito feliz com minha filha,

  • Maria Celeste de Souza Alves

    2013-03-23 00:57:27

    Boa noite. Meu filho de 7 anos e 9 meses está brigando muito na escola. Na verdade ele diz que colocam apelidos nele, e ele tem explosões de raiva, correndo atrás dos colegas e querendo bater. Eles acharam o ponto fraco dele, que é a irritação e ficam atormentando ele todos os dias. Ele é filho único, mas eu e meu marido não o mimamos. Ele fica muito bravo à toa. Briga por divisão de materiais, pq. alguém esbarrou nele, alguém dividiu o material que ele estava usando e por aí vai. As explosões de raiva são violentas e a supervisora disse que ele fala que vai matar, vai cortar a cabeça. Ele já frequentou um psicólogo e vai voltar às sessões na próxima semana. O que posso fazer além disso? Uma natação, artes marciais? Que tipo de atividade? Conversar não está adiantando, pq. ele dá sempre uma de vítima pra mim. Ele sempre tem uma explicação plausível pro acontecimento, a favor dele. Obrigada.

  • Maria Celeste de Souza Alves

    2013-03-22 23:57:44

    Boa noite. Meu filho de 7 anos e 9 meses está brigando muito na escola. Na verdade ele diz que colocam apelidos nele, e ele tem explosões de raiva, correndo atrás dos colegas e querendo bater. Eles acharam o ponto fraco dele, que é a irritação e ficam atormentando ele todos os dias. Ele é filho único, mas eu e meu marido não o mimamos. Ele fica muito bravo à toa. Briga por divisão de materiais, pq. alguém esbarrou nele, alguém dividiu o material que ele estava usando e por aí vai. As explosões de raiva são violentas e a supervisora disse que ele fala que vai matar, vai cortar a cabeça. Ele já frequentou um psicólogo e vai voltar às sessões na próxima semana. O que posso fazer além disso? Uma natação, artes marciais? Que tipo de atividade? Conversar não está adiantando, pq. ele dá sempre uma de vítima pra mim. Ele sempre tem uma explicação plausível pro acontecimento, a favor dele. Obrigada.

  • Leni

    2013-03-15 02:57:19

    o Que fazer se o meu filho só tem ataques de agressividade na escola, com professores e amigos. Está com 7 anos e desde maio do ano passado está agressivo. Já mudou de escola 4 vezes neste período. Psicoterapeuta foram 3, Psiquiatras 2 e 2 Neuros. Fez todos os exames possíveis e nada físico foi verificado. Está sendo medicado (Torval), mas os problemas na escola continuam. Hoje está em uma escola especial para crianças com dificuldades de aprendizado, estão tentando ajudar, mas sem sucesso, por enquanto. Está em uma sala com apenas mais 4 crianças. As vezes faz as atividades e geralmente depois de umas duas horas não quer mais saber de nada, já agrediu professores e colegas e as vezes sai correndo da sala. Quando questiono os motivos ele não sabe dizer exatamente, mas geralmente é porque ele quer ser o melhor de todos e além disso apenas fazer o que ele quer e quando quer. Em casa ele tem horários e limites e se irrita às vezes, mas não é agressivo. Quando apronta na escola, converso bastante e ele se mostra arrependido, tiro brinquedos (os que ele mais gosta) para doar e deixo sem TV ou computador. Continua com tratamento psicoterapêutico. Mesmo assim os amigos na escola se afastam e ele cria inimizades. Em casa ou com amigos filhos de amigos ele se dá muito bem. Ele é um filho do coração desde os 3 meses de idade e, sendo assim, não tenho o histórico familiar.

  • Marta Gois

    2013-03-12 16:53:17

    Meu filho tem 5 anos e esse ano sofreu mudança de turno e coleguinhas na escola... não é do perfil dele bater em crianças mas, a professora desse ano vive mandando recados na agenda dizendo que ele está batendo nos colegas, já fui a escola, já conversei com ele e os recados ainda são corriqueiros o que posso fazer? Já estou entrando em desespero, lembrando que em casa com o irmãozinho, com os primos e em passeios conosco, ele costuma se relacionar super bem com as demais crianças, o problema é só na escola e o mesmo já veio muitas vezes machucado, até pinicado de lápis ele já veio.

  • evelly

    2013-03-10 19:11:56

    minha filha tem 8 anos brigo no face com uma menina eu falei que eu vou exclui teu face ta de descatigo ate um mês ela não foi pra nei um loga ela só fico e casa

  • ąna priscila

    2013-03-08 21:28:47

    Oi minha filha encomoda muito tem 3 anos me enfrenta da no irmao de 6 ja nao sei q fazer com ela.bato quando faz algo errado mas logo faz de novo.q devo fazee num caso deses.ela chora e grita muito quando fica brava.ta me enlouquecendo essas brigas sempre por q quer o brinquedo ou fazer algo que nao quero q faca .me da uma luz por favor de como devo agir com ela.

  • Anna

    2013-03-01 14:13:18

    Ola tenho um filho de 6 anos, e venho enfrentando esse problema do ano passado ainda! Ele briga de mais na escola, com os coleguinhas e com as outras crianças de outras salas na hora do recreio, já to com vergonha de chegar na escola pois todos os dias tem reclamação.... dessas brigas. E todos os dias converso sobre o quanto é feio tudo isso... Não sei mais o que fazer, e em casa se mostra, outra criança carinhosa amorosa amada sem brigas com os amiguinhos da rua com os primos... me ajudem. Obrigada

  • suele

    2012-12-14 07:45:31

    Minha filha vai fazer 1 ano. mas ja bate no nosso rosto, principalmente quando contrariada. Sei que devemos falar para não fazer e fazemos, mas ela ignora e insiste. O que fazer com uma criança nessa idade, como devo repreendê-la para além da repressão oral?

  • anna cláudia

    2012-10-05 11:52:38

    minha filha tem 2 anos teve 4 confusões e a ultima confusão que ela teve ela esta muito agresiva passa o tempo todo batendo na irma de 5 anos pega a chinela para me bater e morde

  • vera lucia triani da silva

    2012-10-04 18:03:20

    Por favor me ajudem,tenho um neto de 10 anos,aparentemente um ótimo menino mas sempre temos problemas com ele ,bate nos amigos só vive arumando problema a onde vai já foi expulsp de varias escolas ,no momento estar sem estudar pois colegio nenhum o aceita já fui ao conselho tutelar,fazemos tratamento com neuro,com pisicologa e nada adianta é agresivo e tem certas atitudes de um adulto,,já não aguento ver o sofrimento da minha filha ela estar desesperada se sai p algum lugar tem que deixar trancado ,por um estante que sai arruma problema por favor nos ajudem.

Ad