Os primeiros brinquedos para o bebê

Jogos de estimulação ideais para o bebê

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O primeiro presente que muitos bebês recebem é um chocalho. O bebê não será capaz de agarrá-lo até que passem alguns meses e quando ele tenha um maior controle do seu corpo e das suas mãozinhas. Os bebês não necessitam de uma grande quantidade de brinquedos ao seu alcance, mas que estes sejam adequados a eles, seja porque lhes ajuda a estimulá-los física e sensorialmente como porque são adequados à sua idade. 

Quando os bebês nascem, eles não são capazes de controlar suas extremidades ou a sua cabeça. Através dos cinco sentidos (audição, olfato, visão, tato e paladar) eles descobrem o mundo e recebem diferentes estímulos. Os primeiros brinquedos do bebê, portanto, devem ser aqueles que lhes estimulem os sentidos. 

Quais brinquedos são os mais adequados para o bebê

os-primeiros-brinquedos-do-bebê A 

Brinquedos que possam ver e escutar são os mais adequados nos primeiros meses, e, à medida que vão crescendo, demandarão brinquedos que possam tocar, morder ou chupar. 

- Os primeiros brinquedos para bebês até os 6 meses devem ajudá-los a descobrir o seu corpo e a potencializar suas habilidades com distintos sons, texturas, formas e cores. São ideais os móbiles musicais, bonecos de borracha (não tóxica), mordedores e tapetes com atividades. Nessa fase convém não dar ao bebê brinquedos rígidos, pois não controlam bem os movimentos dos braços e poderiam se machucar com eles. 

- Os primeiros brinquedos para bebês de 7 a 12 meses devem servir como estímulo para engatinhar, para conhecer o mundo que os rodeia, para dar os seus primeiros passinhos e para melhorar sua motricidade. Bolas, cadeiras de balanço, brinquedos com sons, jogos para empilhar ou de encaixar são ideais para eles. 

- Os brinquedos a partir de 1 ano devem ser direcionados a ajudá-los com as suas novas habilidades: podem se colocar em pé e dar seus primeiros passos, já agarram com mais consistência objetos e têm uma grande curiosidade pelo mundo que os rodeiam. Andadores para eles se movimentarem mais facilmente são perfeitos. Aqueles brinquedos que lhes permitem relacionar feitos: empilhar, construir, lançar, bater... Inclusive os brinquedos de imitações: carros, marionetes, bonecas, animais, telefones... 

De qualquer modo, seja um brinquedo que emita sons de carros, animais e pessoas, ou brinquedos de tecido, de empilhar ou de encaixar, o importante é levar em conta a segurança dos brinquedos. Não podemos dar ao bebê objetos pequenos, nem tão pouco brinquedos antigos em más condições, que não sejam certificados, que possam causar ferimentos, ou aqueles que contenham peças nocivas ou não seguras para o bebê (podem se engasgar), e, portanto, não devem estar ao seu alcance. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com