Crianças curiosas. A curiosidade das crianças

Como incentivar a curiosidade das crianças

Vilma Medina

Vilma Medina

A curiosidade é inata nas crianças e deve ser cuidada desde o seu nascimento para que sejam capazes de querer aprender por si mesmas, uma vez que a curiosidade é o primeiro passo para o aprendizado das crianças.

Os adultos, em muitas ocasiões e na maioria das vezes sem se dar conta, sentem que essa curiosidade pode ser inoportuna e inclusive podem enxergar isso como algo negativo, que a criança pergunte sempre que tem dúvidas. Mas, a realidade é que a curiosidade dos pequenos é algo que deverá ser potencializada para que no futuro as crianças sejam eficientes. Não se devem cortar as asas da curiosidade!

A curiosidade nas crianças desde o seu nascimento

crianças-curiosas-a-curiosidade-das-crianças A

As crianças começam a ser curiosas desde o momento que começam a ver, depois a se deslocar e a explorar o mundo ao seu redor. A curiosidade é interesse e motivação, fatores indispensáveis para que o aprendizado tenha êxito. As crianças são pequenas exploradoras do mundo e sempre vão querer saber mais e mais, por isso o papel do adulto não é, em absoluto, cortar essa curiosidade, mas conseguir que esse interesse e essa motivação não se percam pelo caminho do crescimento infantil

Portanto, como adultos, devemos respeitar essa necessidade de exploração constante, colocando limites nos contextos inapropriados, mas sem cortar a curiosidade inata das crianças. Para respeitá-la devemos nos esquecer de frases danosas para a autoestima dos pequenos como: ‘deixa disso’, ‘cala a boca’, ‘não se mexa’, ‘não seja chata’. 

Como incentivar a curiosidade infantil desde casa

A curiosidade não é algo que tenha que ser desenvolvida unicamente na escola (ainda que também seja essencial e imprescindível), mas desde casa também é fundamental no dia a dia. Para isso quero dar algumas sugestões: 

- As rotinas em casa são importantes porque criam hábitos e estabelecem normas e limites, mas de vez em quando é possível realizar coisas diferentes dentro das rotinas diárias. Um exemplo pode ser trocar a escova de dente por outra mais divertida. 

- As crianças adoram as atividades inesperadas, porque uma vez que não estão esperando elas gostam mais de realizá-las. 

- Sentir-se feliz porque o seu filho te pergunta algo também é uma boa idéia porque você deve estar preparado/a para poder responder sempre que necessário (uma resposta de acordo com a sua idade e a sua capacidade de compreensão). 

As crianças curiosas serão aquelas que desenvolverão uma melhor capacidade de observação, os que melhor aprenderão na escola e as que se sentirão motivadas a continuar aprendendo, mesmo que em algum momento errem, pois verão que o erro é um elemento positivo de aprendizagem. Será obrigação dos pais o poder potencializar essa curiosidade em todas as etapas e idades dos pequenos. 

María José Roldán

Mestre em Educação Especial (Pedagogia Terapêutica) 

Psicopedagoga

Os efeitos da televisão nas crianças

Os efeitos da televisão nas crianças

O tempo que uma criança passa em frente ao televisor é tempo desperdiçado de outras atividades importantes como a leitura, o trabalho escolar, as brincadeiras e jogos e a interação com a família e o desenvolvimento social.

Compartilhar, um valor importante para as crianças

Compartilhar, um valor importante para as crianças

Como ensinar as crianças a compartilhar. Aprender a compartilhar é algo que deve ser ensinado durante o ano todo, mas o Natal é uma época propícia para fazê-lo.

Como incentivar o orgulho sadio nas crianças

Como incentivar o orgulho sadio nas crianças

O orgulho pode parecer algo negativo porque a principio impede as pessoas de reconhecerem os seus erros ou aprender daquilo que não fizeram bem. Mas, realmente o orgulho pode ser algo muito positivo se a criança souber manejá-lo adequadamente.

O bom e o ruim dos sustos para as crianças

O bom e o ruim dos sustos para as crianças

As crianças gostam de se esconder e dar sustos na gente, mas também gosta que a gente assuste a elas. Brincar de assustar entusiasma as crianças, mas por quê? É bom ou ruim brincar disso? O que existe por trás do susto e da surpresa?

10 conselhos para educar crianças no otimismo

10 conselhos para educar crianças no otimismo

Crianças otimistas. Existem crianças que são especialmente negativas. É como se tivessem um radar para detectar todas as coisas que não caem bem, todo o mal que não têm, e se antecipam negativamente pensando que tudo não vai dar certo. Isso pode gerar um problema de baixa autoestima.

0 comentarios