Alunos agressivos em sala de aula. Conselhos para professores

Como educar alunos com comportamento agressivo

Todos os professores já se depararam com alunos agressivos em sala de aula e o professor tem um papel fundamental e deve conhecer estratégias de como gerenciar esse conflito em sala de aula.

Um aluno agressivo pode sê-lo por diversos motivos, mas o que se deve tentar é, sobretudo gerenciar sua conduta e o seu comportamento dentro da sala de aula, ainda que o reforço externo com trabalho desde casa e a ajuda de profissionais das emoções também são de grande ajuda, ainda que nem sempre seja possível. 

O que fazer quando um aluno tem comportamentos agressivos

alunos-agressivos-sala-de-aula-conselhos A

O ambiente da sala de aula deve ser muito estruturado com algumas regras claras que se forem quebradas têm consequências para todo aquele que as descumprirem. Quando um aluno agressivo agride deverá ser parado imediatamente com estratégias não agressivas. 

Quando existe um aluno agressivo em sala de aula não se deve ignorar a conduta, porque se não dermos caso à situação é como dizer à criança que estamos de acordo com ela está fazendo e pode aumentar a probabilidade de novas agressões, de desajustes e do fracasso escolar e social

8 conselhos para os professores com alunos com comportamento agressivo 

Quando acontece uma agressão em sala de aula, o que um professor deve fazer para responder à provocação de um aluno agressivo? O que deve fazer quando este aluno está agredindo a outros? As respostas do professor à agressão sempre deverão ser instrutivas e não agressivas. As consequências não agressivas adequadas para o uso em sala de aula incluem: a privação de atividades desejadas, perda de pontos, eliminação de recompensas. 

Mas, isso não é tudo: os professores também podem levar em conta outro tipo de respostas diante de um aluno agressivo. Por exemplo, quando existe um aluno com essas características na aula, o professor deverá ter em mente:

1. Ter normas bem claras, bem estabelecidas e que estejam bem claras em sala de aula. 

2. Se o professor trabalha com um quadro de comportamento, dar-lhe prioridade inclusive antes do conteúdo acadêmico. 

3. Ter expectativas reais e razoáveis do aluno. 

4. Evitar as competições para evitar os confrontos.

5. Reduzir a possibilidade de contato com possíveis vítimas de agressão por parte do aluno. 

6. Estar sempre atento ao comportamento do aluno sem que ele dê conta, mas dar-lhes sinais e lembranças verbais sempre que for necessário.

7. Da mesma forma que pode ter consequências negativas por um mau comportamento, os professores devem deixar claros os reforços positivos e as recompensas por um bom comportamento (como realizar uma atividade desejada). 

8. Manter uma conversa com os pais e os profissionais necessários de forma periódica para buscar soluções também nos demais contextos. 

É necessário que um aluno agressivo esteja em constante supervisão, por isso todos os membros do centro educacional deverão levar em conta o perfil deste aluno e vigiar o seu comportamento para poder reduzir o comportamento indesejado e reforçar o bom trabalho.

María José Roldán

Psicopedagoga

Mestre em Educação Especial (Pedagogia Terapêutica)

  • Tratamento da conduta agressiva das crianças
    Tratamento da conduta agressiva das crianças

    Conduta agressiva na infancia. Levando em conta que a conduta agressiva de uma criança é um comportamento aprendido, isso indica que pode ser modificado. A compreensão dos pais e dos professores é muito importante.

    • O comportamento agressivo nas crianças
      O comportamento agressivo nas crianças

      Uma das grandes dificuldades dos pais é saber como tratar a conduta agressiva dos seus filhos, já que, com frequência, eles têm que encarar a desobediência e a rebeldia dos filhos. A agressividade é um transtorno, e deve ser tratada desde a infância.

0 comentários