Como evitar a prepotência nas crianças

O que é e como controlar a prepotência nas crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Todos os pais do mundo querem que seus filhos sejam felizes acima de tudo, mas para conseguir isso, eles devem levar em conta não apenas sua educação acadêmica, mas também sua educação emocional.

Ensinar a criança, a saber ser, a saber fazer e a saber sentir é fundamental para que possam se desenvolver como adultos com êxito, assertivos, empáticos e, sobretudo tolerantes

O que é a prepotência nas crianças

como-evitar-a-prepotência A

Quando falamos de prepotência, estamos falando da pessoa ou criança que impõe o seu poder ou sua autoridade sobre os outros para tirar proveito ou benefício próprio. É normal que a prepotência vá acompanhada da arrogância ou pela soberba, já que a pessoa ou criança em questão tem uma excessiva avaliação de si mesma e se sente superior aos demais, e por esse motivo tentará se impor aos outros pela força porque sentem que eles devem se submeter à sua vontade. 

No caso de crianças com prepotência, elas não sabem que estão se comportando assim, ainda que seja esta atitude que revelem. Por isso, é extremamente importante o papel dos pais para poder mudar este comportamento por outro mais adequado.

Normalmente, uma criança com prepotência é uma criança que age com agressividade para conseguir o que quer sem se importar com os outros, já que pensam que os outros têm que obedecer aos seus desejos.

Como agir diante de um filho com prepotência

- Quando a criança apresentar comportamentos agressivos para impor a sua vontade, será imprescindível que os pais a ajudem a tomar decisões, mas aprendendo a controlar a sua agressividade e o seu desejo de se impor aos demais. Isso deve ser feito com compreensão, carinho e, sobretudo, evitando etiquetas negativas ou más respostas

- Jamais os pais devem empregar a violência (nem física, nem verbal) para deter a violência, porque a única coisa que se consegue é o efeito contrário e a criança só aprenderia que a violência é o comportamento adequado para resolver conflitos. 

- Quando uma criança com prepotência se vê obrigada a cumprir limites e normas na educação, é provável que no início ela esperneie e se oponha a isso porque estará acostumada a se comportar com quer, mas é fundamental a firmeza dos pais e a união com a educação, deixando o improviso de lado. 

- Além disso, quando uma criança se comportar adequadamente, convém recompensá-la em forma de elogios e muito carinho para que ela veja e entenda a importância que tem o bom comportamento para os pais e para a sociedade em geral, porque quando se comporta bem ela receberá coisas boas (emocionalmente falando) por parte do seu meio. 

María José Roldán

Mestre de Educação Especial (Pedagogia Terapêutica)

Psicopedagoga