Onde e como as crianças devem estudar

O ambiente e o planejamento são importantes na hora de estudar

Vilma Medina

Vilma Medina

Conseguir que nossos filhos se esforcem, se concentrem, aprendam e consigam alcançar seus objetivos nos estudos não é uma tarefa tão fácil para eles nem para os seus pais. 

Para que as crianças tenham êxito nos estudos basicamente é necessário que elas disponham da capacidade intelectual necessária para poder estudar, que estejam motivadas, e adquiram conhecimentos durante o seu tempo de estudos e saibam dominar hábitos de trabalho e estudo. 

Ambiente de estudo para os deveres das crianças

onde-e-como-as-crianças-devem-estudar A

O ambiente, entendido como o lugar onde a criança deve se concentrar nos seus deveres e nos seus estudos a cada dia sem distrações é de fundamental importância para que ela consiga os seus objetivos. Uma boa organização em função do tempo e do ritmo de estudo também é um importante ingrediente na realização das suas tarefas escolares. A criança, com a ajuda dos pais deve planejar ou programar o horário de estudo.

Com a intenção de fazer com que os pais, juntamente com os seus filhos conheçam orientações sobre o ambiente e o planejamento do estudo, Guiainfantil.com traz informações sobre o tema, que nos foi oferecida pela EDUPLA, Educação Planejada sobre técnicas de estudo para as crianças.

Recomendações para conseguir um bom ambiente de estudo

- Local. O lugar de estudo deve ser sempre o mesmo para que não existam novos elementos de distração cada vez que a criança vá estudar ou fazer as tarefas. 

- Móveis. O dormitório deve contar com alguns elementos básicos (mesa, escrivaninha e cadeira). A criança deve ter todas as coisas necessárias em mãos.

- Serenidade. O ambiente do recinto deve ser silencioso (longe da televisão, rádio, telefone e outros ruídos). 

- Tranquilidade. O lugar deve permitir a concentração e a atenção (evitar a presença de elementos que possam distrair). 

- Ambiente. O local de estudos (que pode ser o quarto da criança) deve ter uma ventilação e temperatura adequada, assim como uma boa iluminação natural, se possível. 

Recomendações para planejar as sessões de estudo 

1. Organização. Para planejar o tempo de estudo é necessário marcar um tempo determinado para cada matéria em função da sua dificuldade. 

2. Planejamento. Convém elaborar um calendário que a criança deverá seguir. Deve-se tentar, na medida do possível, conseguir todos os objetivos ou metas propostas. Ser constante nessa tarefa criará um hábito muito importante de organização e de ordem. 

Dificuldade média: 60 minutos

Descanso: 10 a 15 minutos

Dificuldade grande: 90 minutos

Descanso: 15 a 20 minutos

Dificuldade baixa: 30 minutos

Descanso: 5 a 10 minutos

3. Ritmo de trabalho. O planejamento do estudo deve ser feito à medida de cada um, no seu ritmo de trabalho e aprendizagem. Deve levar em conta as circunstâncias pessoais e as atividades complementares. Para os primeiros anos do curso secundário, dez ou doze horas de estudo semanal são suficientes.

4. Tempo de descanso. Um bom planejamento, além do tempo para o estudo, a criança deve reservar tempo para o lazer e o descanso. É necessário descansar pelo menos 8 horas por dia. 

5. Ordem de prioridades. Fazer a lista dos trabalhos diários seguindo a ordem dos mais urgentes até os menos urgentes e por ordem de dificuldade. Ou seja, os mais difíceis no início, já que a criança estará mais desperta e com a cabeça mais fresca. Os trabalhos devem se intercalar de forma variada. Não se devem estudar de maneira seguida duas matérias muito difíceis. 

6. Flexibilidade e adaptação. Todo planejamento deve ser flexível. A criança e os pais podem se ajustar a possíveis mudanças ou a dificuldades não previstas.

Fonte consultada: 

Edupla – Educação Planejada

Quando e como aplicar as técnicas de estudos às crianças

Quando e como aplicar as técnicas de estudos às crianças

Técnicas de estudos para as crianças. Boas intenções, bons princípios nos estudos. Quando o filho não gosta de estudar, não é capaz de se sentar e trabalhar, passa toda a tarde em frente à TV ou no computador.

Dificuldades das crianças com o estudo

Dificuldades das crianças com o estudo

Conseguir que os filhos se esforcem, concentrem-se e aprendam, e consigam realizar seus objetivos nos estudos, não é uma tarefa tão fácil nem para eles nem para seus pais. Para que as crianças tenham êxito nos estudos, basicamente é necessário que eles tenham capacidade intelectual para poder estudar, que sejam motivados, adquiram conhecimentos em seus estudos, e que saibam dominar hábitos de trabalho e estudo.

Quantos deveres as crianças devem fazer?

Quantos deveres as crianças devem fazer?

Uma criança que faz mais deveres rende mais? Tira melhores notas? Estas são as perguntas que se fizeram os responsáveis de um estudo que está dando muito que falar.

Por que as crianças fracassam nos estudos?

Por que as crianças fracassam nos estudos?

Fala-se de fracasso escolar quando uma criança não alcança o nível de rendimento esperado para a sua idade e nível, e não à falta de capacidade intelectual, o que quer dizer que, o que realmente fracassa são os modelos educativos oferecidos às crianças nas escolas.

Correta postura para que as crianças escrevam

Correta postura para que as crianças escrevam

Uma postura adequada tanto na aula como em casa influencia positivamente nas crianças: no aprendizado, na atenção, em facilitar o processo de escrita e leitura e, não menos importante, na saúde dos ossos e músculos, e o conforto na hora de enfrentar suas tarefas.

0 comentarios