Como reconhecer as contrações do parto

Frequências e sensações das contrações do parto

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

As contrações vão preparando o útero para que o bebê possa sair. A descrição de uma contração varia de uma mulher para outra, e a sensação pode ser desde uma câimbra, até uma dor intensa passando por um ligeiro incômodo. Nem todas as contrações são indicativas de que a mãe está preparada para o parto, porque no decorrer da gestação já terá notado sensações semelhantes a esse tipo de incômodo. Nós indicamos para você como reconhecer as contrações do parto.  

Como reconhecer as contrações do parto 

- A contração do parto surge na parte superior do útero, e mediante esse movimento vai empurrando o bebê até que saia. O músculo uterino dilata e afina, e a pressão ou dor podem se estender até as costas. 

- As contrações do parto são diferentes quanto à frequência e intensidade de outras contrações conhecidas como de Braxton Hicks, que geralmente iniciam no final do segundo trimestre da gestação e que servem para preparar o útero para o momento do parto. 

- Quando as contrações são de parto, o abdômen experimenta uma grande rigidez, assim como seu ventre que vai notar como apertando e soltando. Nesse caso não se trata do movimento do bebê, e sim das contrações do parto, que podem dificultar consideravelmente os seus movimentos.   

- As contrações do parto seguem um padrão de frequência, sendo cada vez mais frequentes quanto mais se aproxima do momento do parto. Os intervalos são regulares e podem começar com uma frequência de 20 minutos, reduzindo-se paulatinamente até chegar a ter contrações a cada 5 minutos. 

- Ao mesmo tempo em que se reduz o intervalo entre as contrações, aumenta a dor, que pode se estender desde a parte superior do abdômen até o útero, incluindo a zona lombar. 

- A dilatação do útero é a característica principal dessas contrações do parto, além da sua intensidade. Mas para comprovar a dilatação, que deve ser de uns dez centímetros, deve ser examinada por um médico. 

- Para ajudar a reconhecer essas contrações do parto a mãe pode ir anotando a frequência das mesmas. Com isso ajudará ao médico a preparar melhor o parto

- Se sentir contrações e quiser correr para o hospital, pode ser que seja um alarme falso e o momento ainda não tenha chegado. O mais importante é que a mãe se sinta segura. 

Laura Velez. 

Redatora de GuiaInfantil