Os pais diante da depressão infantil

Silvia Álava, psicóloga, conta pra gente como detectar se um filho está deprimido

Vilma Medina

Vilma Medina

A depressão não apenas afeta aos adultos. As crianças também podem sofrer depressão. No entanto, é importante não confundir a tristeza que uma criança possa sentir com um processo depressivo. A depressão na infância vem acompanhada, além da tristeza, de uma série de sintomas como alterações bruscas de humor, birras por qualquer coisa ou alto nível de ansiedade. 

A psicóloga Silvia Álava nos conta como os pais podem detectar se o seu filho tem depressão e o que podem fazer diante da suspeita de que a criança possa estar deprimida ou quando levá-la ao psicólogo. 

Como os pais podem reagir se o seu filho estiver deprimido

os-pais-diante-da-depressão-infantil A

1. Como os pais podem detectar se uma criança tem depressão? Como se diagnostica a depressão infantil? 

Para diagnosticar uma depressão infantil vai ser fundamental, antes de tudo nos reunirmos com os pais. A primeira coisa que se faz é uma entrevista com os pais em profundidade em que vamos perguntando todas as informações dessa criança. Todos esses dados (anamnese) fazem parte da história clínica. 

Além disso, a gente pede aos pais que façam registros de comportamento, ou seja, qualquer situação que eles se preocupem com o seu filho. O ideal seria que o psicólogo estivesse no local, mas é muito complicado que ele possa estar todas as horas em casa. Além disso, a figura do psicólogo poderia interferir muito no comportamento dessa criança

A gente oferece aos papais algumas planilhas onde constam colunas. Na primeira coluna a gente coloca dia e hora, na seguinte coluna que os pais têm que preencher é qual a situação, onde a criança está, com quem está e o que está fazendo, o que a criança faz ou diz e o que os pais respondem, ou outras crianças ou outros adultos que estejam ali. 

Através dessas anotações, isso é de grande importância ao psicólogo, saber o que é que pode estar acontecendo com a criança, estabelecer um correto diagnóstico e o que é mais importante: dar-lhes normas de como agir, saber o que está acontecendo. Quando as crianças são um pouco mais velhas, o psicólogo já pode entrevistá-las e conversar com elas. 

2. O que os pais podem fazer se suspeitarem que os seus filhos estão deprimidos? 

É importante quando os pais suspeitarem que a criança esteja deprimida, a primeira coisa que eles têm que fazer é parar e observá-la bem. Antes de qualquer coisa, temos que parar e observar bem a criança, porque se tivermos muito claras as situações que estão acontecendo, isso vai nos ajudar muito para podermos intervir logo e poder avaliar se é uma situação específica, se é um pensamento da criança, se é um comportamento, para, em função disso, poder intervir. 

3. Quando os pais têm que levar uma criança deprimida ao psicólogo?

Quando virem um baixo rendimento, que a criança está chateada de forma constante e que não se entretém como se estivesse cansada e que tenha perdido peso, que está mais isolada, mais irritável. Quando virmos qualquer desses sintomas seria bom que os pais procurassem ajuda

Silvia Álava Sordo

Psicóloga

Depressão infantil. Aprenda a identificá-la

Depressão infantil. Aprenda a identificá-la

A depressão, antes diagnosticada em pessoas adultas, está a cada dia mais também afetando as crianças. Já não são somente os adultos que se deprimem. A depressão infantil pode surgir devido a ‘mudanças importantes e o estresse’ como resultado da perda dos pais.

O que fazer se a criança tem depressão

O que fazer se a criança tem depressão

Se o seu filho se mostra triste e não é capaz de superá-lo, você deve consultar um especialista. Se a criança for diagnosticada com depressão, ela necessitará de tratamento com um psicólogo. Mas, você também pode ajudá-la. A gente dá alguns conselhos para que você possa ajudar o seu filho a superar essa doença.

A obsessão pelo êxito adoece as crianças

A obsessão pelo êxito adoece as crianças

Qual é o objetivo da vida? Ter êxito? Ser o melhor? Ser feliz? As mensagens que recebem nossos filhos constantemente são contraditórias. Queremos que nossos filhos sejam felizes, mas ao mesmo tempo lhes exigimos ser competitivos, tirar a melhor nota, ser o melhor na prática do esporte... Cuidado! Sua obsessão pelo êxito pode fazer com que o seu filho adoeça.

Como se pode prevenir a depressão infantil

Como se pode prevenir a depressão infantil

A depressão infantil não apenas afeta aos adultos. As crianças também a sofrem. Não é a mesma coisa uma criança que se sinta triste que uma criança depressiva. Existem sintomas que indicam uma depressão em crianças como a ansiedade, mudanças bruscas de humor ou birras constantes e sem um motivo aparente. É o psicólogo quem deve tratar a uma criança depressiva, mas os pais podem ajudar a prevenir esse transtorno.

Transtorno bipolar na infância

Transtorno bipolar na infância

O transtorno bipolar infantil pode se desenvolver em adolescentes e adultos jovens, ainda que também possa aparecer em crianças tão pequenas com a idade de seis anos.

0 comentarios

Ad