A depressão começa na infância

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Quase 100% dos casos de depressão se iniciam na infância. As necessidades básicas que não são supridas nesta etapa provocarão danos às crianças nas etapas seguintes. Somente as crianças que recebem estímulos positivos dos seus pais poderão ser melhores adolescentes e adultos.

Durante uma conferência sobre ‘Depressão, causas, consequências e prevenção’, realizada na Universidade Nacional Autônoma do México, o psicólogo Jorge Alfonso Valenzuela Vallejo disse que a incapacidade de identificar, perceber e expressar sentimentos pode levar uma criança à depressão, e que esses fatores poderão repercutir negativamente na adolescência ou na idade adulta. O psicólogo destacou que nos sistemas capitalistas se cria a necessidade de possuir bens materiais e são deixados de lado temas relacionados com a natureza do homem. O afeto, o carinho, a atenção são deixados de lado, gerando um processo de desumanização.

A pressão pode conduzir à depressão

a-depressão-começa-infância A

A única coisa que interessa a muitos pais nesses sistemas é que o seu filho se comporte bem, que obtenha boas notas acadêmicas, que seja obediente e cubra todas as suas expectativas, assim como da sociedade e da escola. Esta pressão pode levar as crianças à depressão. A depressão das crianças está relacionada também com sua relação com os demais. Se a criança vê sua mãe sorrir, ela se sentirá querida, reconhecida e irá adquirir confiança e será capaz de identificar o que sente. Caso contrário, se a mãe estiver sempre chateada ou deprimida, a criança construirá uma imagem de si mesma onde só cobrirá as expectativas que são impostas a ela, alheias aos sentimentos, pensamentos e desejos próprios.

Por essa razão, é importante que os pais estabeleçam uma relação positiva, afetiva, e baseada na confiança com o seu filho, que os estimulem e os motivem, permitindo assim que a criança desenvolva suas potencialidades e construa boas relações com os demais. Vallejo alertou que só 5% dos casos de depressão têm origem nos problemas metabólicos ou aspectos como traumatismos, problemas de hipertireoidismo, hormonais ou cardiovasculares, entre outros.

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com