O que fazer quando a criança tira notas ruins

O que acontece quando a criança perde em algumas matérias na escola

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O final do ano escolar vai chegando e com ele sentimentos bem diferentes, o desejo que as férias cheguem logo e o medo da recuperação na escola. Quando a criança perde em algumas matérias é importante ter consciência do por que e ajudá-la. Cómo reagir às notas ruins dos nossos filhos?

Notas ruins das crianças 

Quando as crianças tiram notas baixas no colegio

As crianças na idade escolar, para que o estudo seja algo natural, é necessário que estejam motivadas. Estimular sua curiosidade é essencial. Mas, às vezes, algumas crianças têm dificuldades quando vão estudar. Essas dificuldades podem vir por causa de problemas físicos, como os auditivos, visuais, hormonais e outras vezes até mesmo problemas emocionais

Portanto, a primeira coisa que se deve fazer é encontrar as causas dessas dificuldades e logo tentar buscar a solução adequada.

3 coisas que você não deve fazer quando a criança tira notas ruins

Na maioria dos casos nossa resposta é a seguinte:

- Gritar: Na realidade, gritar com a criança não adianta nada. O que já está feito, está feito, e o momento é buscar a solução. 

- Castigar: Quando se tira notas ruins deve-se impor algum tipo de sanção, mas um castigo desproporcional não soluciona nada

- Comparar: Nunca se devem comparar as crianças com os irmãos, primos ou companheiros. Cada criança tem o seu ritmo de aprendizado e se tiver que comparar, que seja com a sua própria evolução. 

O que podemos fazer quando a criança é reprovada na escola

Os pais devem mostrar sempre uma grande confiança nos seus filhos e suas atitudes e animá-los de uma forma ou outra com as tarefas diárias. Mas também fazer todas essas coisas: 

- Estabelecer metas acessíveis para os nossos filhos. 

- Estabelecer uma rotina de estudo com eles, mostrando interesse nas coisas que eles fazem e ajudá-los na medida do possível. 

- Felicitá-los com os progressos e conquistas para que vão conseguindo e dizer-lhes palavras motivadoras como ‘Parabéns’, ‘Continue assim’, ‘Você melhorou muito’. 

- Não criticar os erros que cometer e ajudá-lo a aprender com eles. 

- Criar em casa um ambiente propício para que o seu filho possa estudar tranquilo, cuidando da iluminação, ventilação, acústica, entre outros. 

Por outro lado, querer que nossos filhos fiquem a tarde toda fazendo deveres ou estudando, tão pouco é a solução. Estabelecer uma rotina de estudo, mas que também tenham seu tempo para brincar ou praticar algum esporte. Você sabia que crianças que praticam algum esporte, melhoram seu rendimento escolar e sua educação em valores? 

Nada de discursos enormes. Tenha paciência e muita compreensão e lembre-se do seu tempo de estudante e trate e empatizar com ele. 

Boa sorte!!

Marta Veguillas Ocaña
Pedagoga especialista e Educadora em massagem infantil