As notas das crianças são de todos

São dias de expectativas, esperança e medos. Falta pouco para que saiam as notas das crianças na escola, e assim como elas estamos apreensivos. As boas notas dependem do bem estar das férias, do verão, da tranquilidade sem preocupações com o tempo e o espaço. Mas, você já se perguntou alguma vez do que depende para que seus filhos tirem boas notas?

As más e boas notas das crianças

As notas escolares das crianças

Nós, os pais, temos alguma responsabilidade nos resultados acadêmicos dos nossos filhos? Com certeza sim. Durante os primeiros anos de escolarização, a missão dos pais é reforçar em casa os conhecimentos adquiridos na escola, ajudando as crianças na realização dos deveres de casa, ensinando-as técnicas de estudo e motivando-as para que adquiram disciplina em outras atividades interessantes como a leitura. 

Em uma das primeiras reuniões de curso, uma mãe perguntou à professora se ela achava que era obrigatório que os pais tivessem que fazer os deveres com as crianças e quanto tempo tinha que dedicar a essa tarefa, devido à agenda apertada, onde havia tempo somente para a janta dos filhos, dar banho nas crianças e se sentar para jantar antes de ir dormir. A professora respondeu que ela deveria se sentar com o seu filho até que ele tivesse adquirido o hábito de estudar, que consistia em se sentar para estudar e a fazer os deveres por conta própria e estar concentrado enquanto faz as tarefas. Depois é conveniente estar disponível para qualquer dúvida ou esclarecimento que a criança necessite. 

Mas depois de uma dura jornada de trabalho e das obrigações cotidianas da casa, muitos pais falham em cobrar verbalmente seus filhos para que se sentem e façam os deveres ou de estarem disponíveis a resolver problemas de matemática com eles. E quando chegam as notas, vem o remorso. 

Enquanto as crianças pensam ‘se eu tivesse estudado mais, agora poderia estar na piscina com meus amigos’, os pais esquentam os miolos buscando outras possibilidades para que no ano seguinte dediquem mais tempo para poder ajudá-las, para ver se dessa forma, não volte a repetir esses mesmos problemas. 

Por esse motivo, quando as notas chegarem a casa, eu te convido a pensar: ‘Que nota você daria a você mesmo?’ Se como pai você foi aprovado com boas notas, parabéns! Não é uma tarefa fácil, é muito difícil levar com um sorriso o dia a dia desde que o despertador toca pela manhã e você se envolve num trânsito louco nas ruas, ou num metrô ou ônibus até chegar em casa no final da tarde. É cansativo e exige muito sacrifício se dedicar ao seu filho e ajudá-lo nas dúvidas e problemas com os estudos. Felicidades aos pais que conseguem se dar bem em mais essa tarefa.  

Marisol Nuevo. Redatora

  • Quando e como aplicar as técnicas de estudos às crianças
    Quando e como aplicar as técnicas de estudos às crianças

    Técnicas de estudos para as crianças. Boas intenções, bons princípios nos estudos. Quando o filho não gosta de estudar, não é capaz de se sentar e trabalhar, passa toda a tarde em frente à TV ou no computador.

    • Educar a força de vontade das crianças
      Educar a força de vontade das crianças

      Conseguir que as crianças saibam controlar sua força de vontade e tenham a capacidade e a preparação para enfrentar as dificuldades e os desafios do dia a dia não é assim tão fácil, ainda que se os pais lhes educam nesse sentido desde quando são ainda bem pequenos, não é tão difícil consegui-lo.

    • Dar uma mão aos filhos nos seus deveres escolares
      Dar uma mão aos filhos nos seus deveres escolares

      Mais uma vez a gente se pergunta até onde temos que ajudar os nossos filhos com os deveres escolares; como encontrar um equilíbrio entre o apoio necessário em casa e uma excessiva preocupação que possa afastar a preguiça dos nossos pequenos na hora de enfrentar suas tarefas.

0 comentários