O que fazer se a criança tem depressão

Tratamento dos problemas de comportamento nas crianças

Vilma Medina

Vilma Medina

Se o seu filho se mostra triste e não é capaz de superá-lo, você deve consultar um especialista. Se a criança for diagnosticada com depressão, ela necessitará de tratamento com um psicólogo. Mas, você também pode ajudá-la. A gente dá alguns conselhos para que você possa ajudar o seu filho a superar essa doença. 

Tratamento da depressão infantil

o-que-fazer-se-a-criança-tem-depressão A

Aqui você tem alguns conselhos para ajudar o seu filho a superar a depressão

Não ignore os sintomas da depressão. Preste mais atenção do que o normal ao seu filho. Brinque com ele e assim será mais fácil conversar com o seu filho sobre os seus problemas. Leia livros infantis com temas relacionados. Desenhe, pinte, construa um quebra-cabeça com o seu filho e dedique a ele um momento especial e único com a finalidade de criar um ambiente mais próximo e de confiança. 

Faça-lhe perguntas e preste atenção à sua autoestima. Uma criança em idade de escolarização primária pode chegar a dizer ‘sou bobo’. Não se trata simplesmente de apoiá-las dizendo-lhes que não o são. Pergunte ao seu filho por que ele pensa dessa forma, se aconteceu alguma coisa na escola, etc. O importante é indagar sobre o que a criança pensa. A criança necessita de atenção e de interesse por parte dos seus pais para elevar a sua autoestima

Estabeleça e mantenha as rotinas. A criança necessita se sentir participante dentro de uma disciplina. Elas se sentem colaboradoras e participantes quando se estabelece um horário para cada atividade. A criança pede limites! Por exemplo: não existe nada mais gostoso e cheio de afeto como ler um conto antes de dormir e encontrar-se bem agasalhado na sua caminha. Dessa forma, você estará dizendo à criança que os problemas que acontecem não são culpa delas, que tudo continua como antes e que ela é importante para você. 

Evite que a criança tenha estresse. É necessário reavaliar o calendário de atividades da criança. Pergunte se o seu filho está fazendo muita coisa ou está sobrecarregado de atividades extraescolares. Pode ser que a criança esteja se sentindo cansada e estressada. 

Tranquilize a criança. Estar atenta sobre o tipo de comida que ela mais gosta, se ela dorme bem toda a noite, se ela necessita de novas atividades e rotinas. Tudo isso pode reconfortar a criança e tornar a sua vida mais agradável. 

Busque tratamento médico. No caso de que o seu filho comece a se isolar, a se comportar mal ou a fazer comentários negativos sobre si mesmo, você terá que confiar no seu instinto e pedir um diagnóstico profissional. Busque ajuda e apoio psicológico. O diagnóstico e o tratamento precoce da depressão são essenciais para o bom desenvolvimento e crescimento das crianças. O primeiro passo é comentar o caso com o seu pediatra. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com

Reação dos filhos ao divórcio

Reação dos filhos ao divórcio

Quanto menor a criança, mais dificuldades terá para entender o porque da separação dos seus pais. A sua reação dependerá muito da forma em que os seus pais encaram o processo de separação.

Por que nunca se deve humilhar uma criança

Por que nunca se deve humilhar uma criança

A humilhação é uma forma de ferir a dignidade de uma pessoa, de destruí-la e quase pisoteá-la. Em que beneficiaria humilhar a uma criança fosse em público ou em privado? Eu já te adianto: em nada.

Depressão infantil. Aprenda a identificá-la

Depressão infantil. Aprenda a identificá-la

A depressão, antes diagnosticada em pessoas adultas, está a cada dia mais também afetando as crianças. Já não são somente os adultos que se deprimem. A depressão infantil pode surgir devido a ‘mudanças importantes e o estresse’ como resultado da perda dos pais.

A depressão começa na infância

A depressão começa na infância

Quase 100% dos casos de depressão se iniciam na infância. As necessidades básicas que não são supridas nesta etapa provocarão danos às crianças nas etapas seguintes.

0 comentarios