A torção de joelho em crianças

Causas e tratamentos da torção nos joelhos das crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O joelho é uma articulação potente, que suporta o peso de boa parte do corpo e está preparado para desempenhar uma atividade física tão gratificante como passear, tão dura como subir montanhas ou tão divertida como correr. Mas, às vezes pode se lesionar, como acontece na chamada torção de joelho.

Quando se produz torção nos joelhos das crianças

a-torção-de-joelhos-crianças A

Em primeiro lugar, comentaremos o que é uma torção. A palavra ‘torção’ se define como a lesão de um ligamento. Os ligamentos são estruturas fibrosas que unem dois ossos dentro de uma articulação para favorecer ao máximo sua estabilidade. Não é de se estranhar que se um ligamento se lesionar, a mobilidade articular se vê comprometida. 

As torções se classificam em graus diferentes de gravidade, que vão desde pequena ruptura (grau I) até a ruptura total (grau III). 

Se nos concentrarmos nas torções de joelho temos que comentar que o ligamento que se afeta com maior frequência é o ligamento lateral interno, também chamado colateral medial. No inverno são frequentes as lesões desse ligamento, durante a prática de esqui. O ligamento lateral externo é muito mais duro e mais difícil de ser lesionado, ou que aconteçam traumas muito importantes. 

Sintomas e tratamento da torção de joelho nas crianças

O paciente com torção de joelho pode manifestar dores nos joelhos em relação aos movimentos destes, assim como coxear. A dor se alivia ao flexionar ligeiramente a articulação. 

Seu tratamento consiste em repousos durante uma semana, antiinflamatórios orais durante 2 – 3 dias e a colocação de uma vendagem elástica sobre o joelho, terço distal da coxa e terço proximal da perna. De forma pontual requer tratamento cirúrgico. 

Iván Carabaño Aguado

Chefe do Serviço de Pediatria 

Hospital Universitário Rey Juan Carlos

Hospital General de Villalba