Posições para tirar os gases do bebê

Vilma Medina

Vilma Medina

Tirar os gases do bebê após a mamada, ou seja, conseguir que ele arrote o ar que foi acumulando durante a amamentação é fundamental. Deixá-lo porque ficou adormecido ou porque você está com pressa é um erro. Os gases irão se acumulando e o bebê acabará sofrendo de dores abdominais e expressará o seu mal estar chorando

Este fim de semana eu tenho estado com meus cunhados e o seu bebê de uma semana, Clara. Depois das perguntas de rigor sobre a chegada à casa com o bebê, o estado da mamãe e o início do aleitamento, toda a conversa sobre o bebê girou em torno de um tema: as cólicas do bebê lactente. 

O que mais preocupa e agonia a esses pais de primeira viagem é não conseguir tirar bem os gases da sua filha, não conhecer bem as diferentes técnicas ou não saber empregá-las bem.

Posturas para aliviar os gases do bebê

posições-para-tirar-gases-bebê A

Minha cunhada se queixava de ter ido ao pediatra com a criança porque chorava muito por causa dos gases, mas o médico não lhe deu muita importância e eles voltaram pra casa sem uma solução. Eu lembro bem de ter enfrentado uma situação parecida há alguns anos atrás. 

É terrível você se sentir impotente em não poder aliviar os gases do bebê e vê-lo como se retorce de dor. Podemos utilizar algumas dicas ou posições para ajudar o bebê a tirar os gases: 

- Sentado sobre as suas pernas agarrando o queixo do bebê e com a outra mão dando algumas palmadinhas nas costas. 

- Inclinando o bebê sobre o nosso braço. A cabeça deve estar dirigida para frente e nossa mão tem que cobrir bem a barriguinha do bebê. Uma vez bem colocado o bebê nos braços, a gente dá algumas palmadinhas.

- Pegando o bebê nos braços, colocando-o em posição vertical contra o nosso peito e dando-lhe palmadinhas nas costas. Lembre-se de colocar um pano nos ombros porque o bebê pode regurgitar. 

Para mim essa última posição era a que mais era efetiva, mas também costumava dar alguns pulinhos para ajudar o bebê a arrotar. Com este sistema, eu conseguia que ele arrotasse a maior parte das vezes e ficasse livre dos gases

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com

Benefícios da massagem para os bebês

Benefícios da massagem para os bebês

A massagem transforma o bebê em um bebê saudável em todos os aspectos. Todos os bebês podem ser massageados. Assim que aproveite para massagear seu filhinho. A massagem pode desenvolver mais rapidamente a coordenação motora, aumentar suas reações musculares, além do que tornará o bebê mais receptivo e mais apto a reagir ao espaço que o rodeia.

Cólicas nos bebês

Cólicas nos bebês

Bebês com cólicas. As cólicas nos bebês são um tipo de dor abdominal inofensiva, que, em geral, começa aproximadamente nas 2-4 semanas de vida do bebê e que desaparecem até os 3 meses de idade.

Cólicas no bebê lactente

Cólicas no bebê lactente

As cólicas se manifestam entre o primeiro e o terceiro mês de vida do bebê. A cólica do lactante é um espasmo, ou uma contração dolorosa do intestino. Trata-se de um fenômeno, de um período delicado, que causa dores na maioria dos bebês. Não se trata de uma doença grave.

O controle das cólicas

O controle das cólicas

Os pais não têm culpa pelas cólicas do bebê. Ainda que os choros do bebê deixem nervosos a qualquer um, o primeiro é buscar a tranquilidade e um ambiente silencioso. Um bebê com cólica tende a estar sensível à estimulação de qualquer tipo. Se as pessoas ao seu redor estão preocupadas, ansiosas, a ponto de explodir, os bebês podem chorar ainda mais.

Refluxo gastro-esofágico nos bebês

Refluxo gastro-esofágico nos bebês

O sintoma mais comum do refluxo gastro-esofágico são os frequentes vômitos. Não existe nada mais incômodo quando, depois de comer, o alimento sólido ou líquido é devolvido do estômago ao esôfago, provocando vômitos e náuseas.

0 comentarios