A rotina é o melhor remédio para o sono do bebê

Estabelecer uma rotina durante o dia da criança lhe ajudará a dormir melhor

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Como ensinar um bebê a dormir? Quando nascem, os bebês não vêm com um manual de instrução. Não possuem um botão de ON/OFF. Dormir bem também se ensina e se aprende. Mas, como? Apesar da grande informação que existe sobre o sono infantil, conseguir que um bebê durma o tempo necessário e na hora apropriada continua sendo um grande desafio para os pais. Toneladas de métodos, teorias e inclusive técnicas milagrosas têm pouco efeito para que os pais tenham o prazer de apoiar a cabeça no travesseiro e dormir uma noite inteira.

Ritual na hora do bebê dormir

conseguir que o bebê durma bem

Todos nós sabemos que a falta de sono afeta o ânimo, a concentração e o controle de uma pessoa. Deixa qualquer um desequilibrado, mal humorado e desanimado. Se um pai ou uma mãe não dormem, a paciência que deveriam ter para ensinar seu bebê dormir será nula. E tudo se converterá e crescerá como uma bola de neve. Eternos pais nervosos e alterados, e bebês despertos.

O aprendizado de um bebê se baseia fundamentalmente na repetição. Se você repete várias vezes a palavra ‘papai’, essa será a primeira palavra que o bebê vai falar. Se você acostumar ao seu bebê que durma com um ursinho de pelúcia, ele estará adquirindo um hábito. O mesmo ocorre com a comida, com as brincadeiras e com o sono. E tudo exigirá muita paciência.

Ainda que o bebê não seja uma ciência exata, é necessário considerar que o sono do bebê não é o mesmo que o sono de um adulto. O sono do bebê não se determina pelo dia e a noite. Um bebê não sabe diferenciar os momentos diferentes de um dia.

Seu sistema neurológico é imaturo e com certeza vai precisar de padrões que o ensinem. O sono pode ser um momento anunciado pelos pais ao bebê através de nanas infantis, de carícias, de massagens, agrupados numa rotina. Os bebês necessitam da rotina, da repetição organizada para aprender.

Até os quatro meses de vida, os bebês dormem à vontade uma média de 16 horas por dia. A partir do quarto mês é quando eles vão precisar que a gente dê uma mão para que eles conciliem bem o sono. É a partir daí que se deve empregar uma rotina. Cada bebê relaxa de uma forma diferente. Alguns com canções, outros com uma massagem ou com o calor e o balanço dos braços da mãe. A rotina é um conjunto de atividades que devem ocorrer sucessivamente sempre na mesma hora e que terminam quando o bebê está dormindo no seu berço.

A rotina do sono do bebê

Antes de levar seu bebê para o seu berço, eu sugiro a vocês uma rotina que para mim foi infalível:

1. Dar banho no seu bebê sempre na mesma hora.

2. Dar uma pequena massagem com o creme hidratante, se possível com uma massagem relaxante.

3. Vestir o bebê com o seu pijama e falar com ele com voz baixa.

4. Oferecer o peito ou a mamadeira ou papinha ou purê, dependendo da idade que ele tenha fazendo uma carícia na sua face.

5. Colocar o bebê para arrotar com suaves tapinhas nas suas costas.

6. Com o bebê nos braços, cante uma canção de ninar num ambiente ameno e tranquilo, sem pressas nem estresse. Lembre-se que o bebê vai sentir tudo o que você sente.

7. Quando notar que o bebê estiver relaxado, coloque-o no seu berço, agasalhe-o e espere silenciosamente que ele feche os olhinhos e durma.

Pouco a pouco o bebê associará todo o processo com a hora de dormir. E assim dia após dia. O importante é considerar que nessa etapa, tudo o que você empregar no processo para fazer o bebê dormir você terá que repeti-lo sempre. Eu me refiro a levar o bebê para a sua cama, ou fazê-lo dormir nos seus braços, ou dar-lhe uma chupeta, ou deixar que ele chupe o dedo, e assim, uma infinidade de costumes que farão parte da rotina do bebê.

Algumas são mais recomendáveis do que outras, por isso, pense bem em colocar em prática o que estiver pensando ou deixar que o seu bebê o faça. O melhor é ter muito claro que tipo de rotina você será capaz de manter na hora de fazer seu bebê dormir e não se deixar vencer por alguma noite que o bebê não concilie o sono. Seguramente devido a um incômodo, uma doença ou o nascimento de um dente. Mesmo assim você deverá continuar com o ritual de sono.