Por que as crianças devem pintar mandalas?

Vilma Medina

Vilma Medina

Meu filho mais velho começou a trazer mandalas da escola. Sua professora oferecia aos alunos para que eles pintassem à sua maneira. Eu desconhecia totalmente o que era uma mandala. No início você só vê um círculo cheio de figuras geométricas no seu interior que a criança teria que pintá-las com as cores que escolhesse. No entanto, eu fiquei curiosa e comecei a investigar o que é uma mandala

As mandalas têm sua origem na Índia e a palavra significa círculo ou aquilo que rodeia um centro. Visualmente se trata de um conjunto de figuras geométricas que podem representar as características do universo e se utilizam há séculos como um ponto para concentrar a meditação. 

Benefícios de colorir mandalas para as crianças

As vantagens das mandalas para as crianças

Nos últimos anos, os especialistas começaram a se dar conta de que mais além de um símbolo espiritual e ritual, também podem ser utilizadas na educação das crianças, já que têm muitos benefícios: 

- Pintar ou colorir mandalas ajuda a criança a potencializar a sua capacidade de atenção e concentração

- Melhora o controle e o domínio do corpo, sobretudo da motricidade fina, o que favorece a capacidade de escrita, desenho, de manipular objetos. 

- Desenvolve a paciência: colorir uma mandala requer tempo, tranquilidade e, sobretudo paciência para ir dando cor às inúmeras formas e figuras do seu interior. 

- Ajuda no tratamento de TDAH: o estudo ‘Meditação com mandalas com estudantes do 6º básico diagnosticados com Hiperatividade’ demonstra que crianças expostas durante dois meses a desenhar mandalas as ajudou a melhorar sua concentração e sua capacidade de atenção. 

- Estimulam a criatividade e a imaginação da criança.

- Ajudam na formação da inteligência e o raciocínio.

- Baixa o nível de estresse. Ao mesmo tempo em que a criança pinta uma mandala é possível colocar uma música de fundo para que o efeito relaxante e calmante seja ainda maior. 

Colorir princesas da Disney ou os super-heróis do momento não vai nada mal, mas e se colocarmos entre os seus desenhos uma mandala de vez em quando?  Não parece uma idéia ruim à vista de todas essas vantagens. 

Alba Caraballo
Editora de GuiaInfantil.com

Como estimular uma criança a desenhar

Como estimular uma criança a desenhar

Nas primeiras etapas dos desenhos das crianças é aconselhável que não lhes corrija nem lhes imponham regras nem técnicas de desenho. Podem apresentar-lhes vários tipos de materiais.

Desenho infantil

Desenho infantil

O desenho é uma representação gráfica de um objeto real ou de uma idéia abstrata. O desenho é uma das formas de expressão mais antigas da humanidade. Utiliza-se o desenho como uma forma de comunicação desde a pré-história, quando os primeiros homens, através de pequenas figuras desenhadas nas rochas e nas paredes das cavernas, manifestavam suas idéias e pensamentos entre si.

A terapia infantil e os desenhos

A terapia infantil e os desenhos

O desenho não se ensina, sai de dentro da criança. Pode-se estimular a um bebê de um ano e meio, como, por exemplo, deixando-lhe que tenha contato com algum lápis. Convém utilizar os de cera que tem a ponta mais arredondada e são mais gordinhos. Nesta idade, muitas crianças já poderão segurar um lápis e fazer seus primeiros rabiscos.

O significado das cores nos desenhos das crianças

O significado das cores nos desenhos das crianças

Os desenhos infantis são uma boa forma de conhecer um pouco mais aos nossos filhos. Através dos seus desenhos podemos descobrir seus sentimentos, como se relacionam com o meio e algumas características da sua personalidade. Ainda que convenha que a interpretação dos desenhos infantis seja feita por um especialista, os pais também podem tirar algumas conclusões.

0 comentarios